Editoria: Helio Fernandes. Subeditoria: Roberto Monteiro Pinho

segunda-feira, 8 de maio de 2017

PALOCCI ASSUSTADO E ASSUSTADOR

HELIO FERNANDES

São os dois últimos, (por enquanto) personagens dessa extraordinária
Lava-Jato. Renato Duque e Antonio Palocci. O primeiro, aparentemente
terminou seu acordo, entrega 70 milhões, como prometeu e garantiu, não
sabe a recompensa. Como surgiu muito  depois de ter sido condenado duas
vezes, não ha muita informação. Aparentemente pode oferecer mais do
que os 70 milhões. Uma pergunta fica no ar, até que surja
esclarecimento: por que apareceu só agora, e quem é o seu protetor ou
patrocinador?

O ex-ministro é inteiramente diferente: pra começo, nem ele mesmo se
fixou na delação, nem garantiu quem seria o delatado. Garantiu a
Moro: "Se o senhor me ouvir, terá trabalho para mais de 1 ano, mas
“ajudará o país”. Os que tentam adivinhar, apostavam em Lula. Não era.

"Informaram" que arruinaria o mercado financeiro, frágil mas sempre
protegido: bancos, corretoras, Bolsa, os que movimentam fabulas de
dinheiro e não produzem nada. Ele mesmo, permitira a especulação, mas
tentara desmenti-la. Ninguém tem acesso a ele. Daí o perigo ou a
incógnita. Perdeu o advogado, desmarcou o depoimento. Mas tem que
depor, o que aumenta a angustia e a ansiedade de todos os lados.
Melhor repetir o titulo: ASSUSTADO E ASSUSTADOR.

Eike prepara a delação

No mês passado contei aqui, que estava tratando do assunto. Cuidava
dos detalhes. Tentando equilibrar informações e recompensas em
liberdade. Assim que o advogado verdadeiro soube, conseguiu
demovê-lo, garantindo que a liberdade não demoraria

Realmente não demorou. Mas precariamente. A situação voltou a se
complicar. Surgem protestos das mais diversas procedências. A
argumentação de sempre: "Se um criminoso múltiplo como Eike ficar em
liberdade, então todos os outros presos serão injustiçados. Até Sergio
Cabral e Eduardo Cunha".

E lembram oportunamente: a maior parte do dinheiro arrebanhado ou
arrecadado pelo ex-governador, no cargo, foi pago por Eike, em troca
de vantagens oficiais. È impossível desmentir ou negar estes fatos.
Seria desmoralização ainda maior do que se imagina.
Doria persegue a gloria
 
Rima, no entanto fica distante da realidade. Eleito, ainda antes da
posse, afirmou desprositadamente: "Não serei candidato á reeleição".
Comentei imediatamente: "Se não deseja a reeleição, quer alguma coisa
mais elevada". Era tão obvio, que hoje. 4 meses e meio no
cargo, ninguém é mais presidenciável do que ele. Apesar dos 
tremendos obstáculos e dificuldades que terá que enfrentar.
 
SORTISTA E CARREIRISTA
 
Dizia e repetia e continua "Não sou político, sou gestor". Mas ele
mesmo pretende desgastar e até destruir, essa bandeira, improvisada ás pressas. 
Pois também ás pressas terá que deixar a prefeitura para um vôo mais alto, 
pilotando um drone. È o fracasso desejado e anunciado.
 
A FIANÇA DO EIKE
 
 Com 5 dias de antecedência, o juiz Marcelo Brettas determinou: o
corrupto Eike, para ficar em liberdade, terá que depositar fiança.
Coisa a mais normal. Muita gente se surpreendeu com o valor, 52 milhões.
Quantia irrisória, diante do que ele roubou.
 
Pois este repórter se surpreendeu com os fatos estranhos que
acontecem, seguidamente. Acompanhei atentamente a questão. No
sábado, me disseram: por causa do fim de semana, o prazo passou para
segunda feira. Não entendi nem aceitei, mas o que posso fazer?
Ontem á tarde, num esforço, soube que o prazo foi PRORROGADO. Nem deram
informação oficial. O que é ou o que significa esse PROROGADO? Acordo
entre o ladrão e a policia. A comunidade não merece informação.
 
Gilmar Mendes desvendado
 
Todos os elogios ao Procurador Geral da Republica. Motivo: pediu ao
Supremo, que PROIBA o Ministro de atuar em qualquer processo, ação,
recurso, em que Eike Batista seja parte. Elevaria ainda mais os
aplausos ao Procurador Janot se estendesse o pedido não só contra a
atuação sobre Eike, mas também contra qualquer acusado com mais de 29
anos de idade.
 
Anda ha pouco conversava com um personagem importante sobre a
PRORROGAÇÂO do deposito da fiança do Eike. Expliquei que não sabia a
razão da PRORROGAÇÃO. Agora estou desconfiado que na questão, Janot sabe
mais do que eu. Nenhuma surpresa.
 
PS- Bellucci, o tenista brasileiro, perdeu pela décima terceira vez
seguida, na estréia de uma competição importante. Ontem foi em Madri.
 
PS2- O curioso e importante é que ele tinha todas as condições de
ser o sucessor do Guga. Saca bem, devolve bem, é alto, e como convém ,
é excelente atleta. Só não sabe ganhar. Agora, aos 28 anos, não tem
mais tempo. Desperdício.



Nenhum comentário:

Postar um comentário