Editoria: Helio Fernandes. Subeditoria: Roberto Monteiro Pinho

sexta-feira, 12 de maio de 2017

O CASAL SANTANA FAZ TEMER E TREMER

HELIO FERNANDES

Depois do depoimento de Lula, a sensação é o casal. Se o que delatam
for verdade, Brasília vai estremecer. Já está, mesmo com as negativas
gerais. Os vídeos do ex-presidente já cansaram e se esgotaram, por dois
motivos. Repetiram muito. E lulistas e anti-lulistas, têm posições e
convicções irrefutáveis e inarredáveis. Enquanto se especula aqui,
vejamos na Venezuela, onde os fatos e números são assombrosos e
praticamente confirmados.

1910. Candidato francamente favorito á reeleição: coronel Chávez .Por
sugestão de Lula, chamam João Santana, conversam, se acertam. Não sei
o que Santana poderia acrescentar á campanha.  Chávez sai de cena,
entra o Ministro do Exterior, Nicolas Maduro.Está tudo decidido, ele
só tem que pagar, para eles,insignificantes 11 milhões de dólares.
Tudo em pacotes em cima da mesa, Maduro chama a segurança, para
levá-los até á saída do edifício.

Podem imaginar o volume desse dinheiro, como carregá-lo e para onde.
Mas assim que foi denunciado, Maduro proibiu qualquer noticia ou
comentário. Santana então deu mais detalhes. Em suma: não ha suma,
deve ser tudo verdade mesmo. Beneficio do casal: como já revelei.
Condenados a 8 anos, foram libertados, a pena passou para 4. Cumpridos
suavemente. Única exigência, que vai fazer Santana sofrer: nesses 4
anos, não poderá fazer marquetagem, aqui ou no exterior .Depois desse
tempo, será entre eles e os clientes.

MARCELO ODEBRECHT

Já contei aqui, ha tempos, que depois do depoimento dos 77 executivos,
Marcelo Odebrecht demitiu 51 e confirmou 26. De acordo com sua
formação voltada exclusivamente para dinheiro, não conversou com
nenhum dos demitidos, que mandou indenizá-los  com  fortunas. Depois
mandou pedir os computadores de todos. Um pediu tempo. "tenho
documentos particulares". Não era verdade

Viajou para o exterior, passando por vários países, até chegar aos
EUA. Num estado pequeno, esmagou o computador, depois de tirar tudo
que comprometia e compromete Marcelo. Tem tanto medo dele, que foi
jogando os pedaços pelo rio, acreditando que ele possa refazê-los.
Está morando no exterior. A mulher foi encontrá-lo, levou 1 mês para
chegar ao lugar,onde estaria em 48 horas. E vive em pânico, sabe do
que Marcelo é capaz. Este fato, rigorosamente verdadeiro, mostra o
monstro, que montou esse esquema monumental de corrupção e destruição.

Perda irreparável

Morreu o maior intelectual brasileiro: Antonio Candido. Personalidade
notável, um dos maiores críticos literários de todos os tempos.Tinha
98 anos, pelo menos durante uns 60, escritores que lançavam um livro,
mesmo sendo famosos, esperavam o que ele ia escrever.Jamais aceitou
homenagens, recusou varias vezes entrar para a Academia, embora tivesse
grandes amigos acadêmicos.
 
Sabia tudo, conversador emérito, tinha o prazer da convivência serena e 
amigável. Sociólogo de formação, se alguém fosse conversar sem conhecê-lo,
 pensaria que era historiador, economista, até psicanalista ou psiquiatra, pois era analista 
diário por profissão. Perda irreparável, seus méritos não chegarão 
ao povo, ele não era da televisão.
 
Fim da conspiração

As 9 horas da manhã, escrevi sobre o dia 12 deste maio de 2017,
lembrando o 12 de maio de 2016, fim da conspiração parlamentar, e
posse de Temer. Agora, não posso negar ao próprio Temer o direito ou o
prazer de se auto-louvar. Palavras dele por volta das 13 horas: "Estou
satisfeito pelos progressos do país durante esse ano. Como já afirmei,
não pretendo nenhuma espécie de popularidade, meu objetivo único é a
salvação do país". 
 
Parou um pouco, conversou com Meirelles que estava
ao seu lado, e concluiu: "O Ministro da Fazenda tem afirmado
repetidamente que são indiscutíveis os sinais de recuperação econômica
do país". Não deu uma palavra sobre os 14 milhões e 200 mil
desempregados, e de que forma a comunidade carente, pode pelo menos

desconfiar, que o pais está crescendo mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário