Editoria: Helio Fernandes. Subeditoria: Roberto Monteiro Pinho

quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

TEMER RETROCEDE MAIS DO QUE FHC, E NÃO CONSEGUE EMPOSSAR UM MINISTRO

HELIO FERNANDES

Mente estabanadamente, tanto quanto o inventor-comprador da reeleição. (Rui Barbosa, redator e relator da Constituição da Republica, dizia e repetia:"entre  as clausulas pétreas, a mais irrevogável é a proibição da reeleição").

  Depois de 4 anos de traição ao país e seus interesses maiores, FHC comprou e pagou á vista, a reeleição.Com dinheiro de empresários riquíssimos e sonegadores. Que receberam fortunas em recompensa. Basta investigar a criminosa e ultrajante Comissão de Desestatização.

Alem de copiar o retrocesso, Temer quer ser reeleito, para defender o seu legado. Só que no caso de Temer, a palavra reeleição, significa uma violência á língua, falada e escrita.

No  seu incansável caminhar para trás, o presidente corrupto não tem limite. E essa realidade se agravou nos últimos 10 dias. Precisa substituir 17 deputados e senadores que estão ministros. 4 pediram demissão, facilitaram o trabalho do presidente corrupto, que agora só tem que encontrar 13 nomes.

Mas sua incapacidade, incompetência e falta de credibilidade, tão grande, que empacou logo na primeira escolha e nomeação. A nomeação não valeu, a cada dia se complica e se perde por causa da falta de moralidade da ministra escolhida, nomeada, mas não empossada.

TRES VETOS À FILHA DE ROBERTO JEFFERSON

O ultimo ocorreu ontem, ás 21 horas. O país vem acompanhando essa trajetória inédita. Jornalistas dos mais variados órgãos de comunicação, engarrafavam a sede do TRF2 .Quando o  desembargador Regional Federal, liberou sua decisão, a deputada, imediatamente, fez uma declaração clamorosa, acintosa e ruidosa:"Não abro mão de tomar posse como ministra". 

Era um absurdo desafio e confronto com a justiça e a opinião publica. O inacreditável ministro Carlos Marun, quebrou o silencio com a afirmação rotineira:"Vamos recorrer". Não disse qual o destino do recurso.  Desde o inicio sobrou apenas o STF. Mas não queriam enfrentar o mais alto tribunal.

Agora com 3 vetos, a dificuldade aumentou. Como o  STJ e o STF estão em recesso, as duas presidentes, Laurita Vaz  e Carmen Lucia, ficaram como plantonistas até 19 de fevereiro, quando acaba o recesso. Com isso é impossível que apareça um HC desgarrado e desencaminhado.

PS- Temer e Roberto Jefferson têm estado em contato intenso. Estavam juntos quando chegou a noticia  do novo veto, Jefferson explodiu: "O veto é ao meu nome e não ao da minha filha". Temer pediu calma, falou: "Vamos resolver o problema". Dificílimo para Temer, embaraçoso para Jefferson.

PS2- Irresponsabilidade de Temer, o que poderá  fazer se perder, e perderá na certa.

PS3- Jefferson está perdendo a luta interna no partido. O PTB está cansado desse desgaste, e para manter a liderança, tem que indicar logo outro nome. Já falei ontem, que esse nome será o do deputado  e líder na Câmara, Jovair Arantes.

PS4- Só que o próprio Jefferson tem dito a amigos, "não posso abandonar minha filha". È uma verdade e uma impossibilidade.

SERGIO CABRAL- EIKE BATISTA.

Não quero defender ou acusar, apenas comparar. O ex-governador está condenado a 87 anos de prisão. E é réu em outros 20 processos. Qual será o limite, previsível ou imprevisível de suas condenações?

Eike Batista é mais culposo, ruinoso e criminoso do que o ex-governador. De quem alias era sócio. Está provado que Eike entregou 74 milhões a Sergio Cabral, em troca de facilidades para suas empresas  e empreitadas, tão criminosas quanto as empreiteiras roubalheiras. Existe até foto de Serginho e Eike, se abraçando carinhosamente.

Eike prejudicou milhões (milhões mesmo) de brasileiros. Prejudicados, seduzidos e ludibriados, pela publicidade-promoção entre aspas: "Sou o homem mais rico do Brasil, dentro de 1 ano, serei o mais rico do mundo". Ganhou BILHÕES, roubando de ingênuos, que compraram suas ações.

Eike continua cada vez mais rico, e em prisão domiciliar, mansão suntuosa e luxuosa. Não acontecerá nada a ele. Se por descuido, acontecer, Gilmar Mendes dirá publicamente, "que o STF foi ultrajado".

Candidatura jovem e ideológica na OAB Nacional

Apos uma boa administração a frente da Ordem dos Advogados do Rio de Janeiro, o advogado Felipe Santa Cruz, já está com endereço em Brasília, onde alem de manter seu escritório, fixa a base de sua campanha nacional a presidência do Conselho Federal. As cartas para sua eleição foram dadas pelos “cardeais” (presidentes de seccionais) durante a realização em novembro de 2017, da XXIII Conferência Nacional da Advocacia em São Paulo.

A importância do cargo é grande, eis que o presidente,  ganha visibilidade nacional e internacional.

PS - Do dia 18/11/2016 até 06/12/2017 o Brasil ganhou 59.329 advogados, chegando hoje a marca total de 1.059.365 advogados. Alem dos Advogados, estagiários com carteira foram 33.948. Carteiras suplementares 43.511 somando o total de 1.136.824 profissionais do direito. Mantido a média, em 2018 um total de 1 milhão 160 mil advogados estarão votando em quase mil subseções da Ordem em todo Brasil.

PS2 - O ano de 2018 será importante para os meios de comunicações e a sociedade brasileira, estaremos mergulhados na campanha eleitoral que elegerá deputados, governadores, senadores e o presidente da República.

PS3 – O presidente da combativa Associação Nacional e Internacional de Imprensa – ANI, jornalista Roberto Monteiro Pinho adverte: “estaremos focados na liberdade de expressão e a instituição, lançou o Projeto ’ANI NAS RUAS – 2018’, que visa denunciar e apontar as injustiças cometidas contra a cidadania.


PS4 - Na oportunidade os visitantes poderão ver e fotografar painéis com 48 obras com o tema “Liberdade de Expressão e dos Direitos Humanos.” Terá também o meio para interagir sobre os assuntos com os jornalistas credenciados pela associação. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário