Editoria: Helio Fernandes. Subeditoria: Roberto Monteiro Pinho

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

A CONSPIRAÇÂO CONTRA LULA, A MISTIFICAÇÃO
DE TEMER EM DAVOS

HELIO FERNANDES

Enquanto o ex-presidente enfrenta um bombardeio contra sua candidatura e não contra ele,o presidente corrupto, na Suíça, faz a apologia da recuperação do Brasil.
Começa o discurso, afirmando: "O Brasil voltou" e continua "O progresso é tão grande, que surgiram oportunidades para todos".

E insiste: "É um progresso tão sólido, que o país todo respira numa euforia de esperança". Distante da Suíça, ele está em contato direto com o Jaburu e Moreira Franco e Elizeu Padilha, vão contando a ele minuciosamente, tudo o que está acontecendo em Porto Alegre. 

Aqui, o ambiente não está nada favorável a ele ou ao seu governo. O problema se agravou e 3 dos vice presidentes que foram afastados por 30 dias, foram demitidos sumariamente dos cargos que ocupavam.

Apesar dos demitidos serem íntimos do Planalto e do Jaburu, o que Temer lamenta mesmo, é a perda de votos para a votação da reforma da Previdência, marcada para o dia 19 de fevereiro, quando termina o recesso parlamentar. 

Rodrigo Maia, agora na presidência da república, mesmo interina, tem trabalhado muito para obter os indispensáveis 308 votos para a aprovação da reforma da Previdência.

No momento, o próprio Presidente da Câmara, tem dito ao Presidente corrupto, "É melhor deixar a reforma para o próximo Presidente, pois neste 2018 é praticamente impossível aprová-la.

Voltando para Porto Alegre, o Presidente da 8a turma, Desembargador Leandro Laurens, que também é Revisor do processo do Lula, completou 2 horas do seu voto. E não há a menor dúvida de que votará exatamente como o Relator. Desde o início, vem fazendo um tremendo libelo contra o ex-Presidente.

Começou dizendo: "Ninguém está acima da lei, porque foi eleito no passado. O que interessa agora, é o presente, com consequências no futuro". Não se sabe quanto tempo mais ele vai falar, mas não absolverá o ex-Presidente.

O importante agora, que todos estão esperando, é o seguinte: esse revisor concordará com o aumento da condenação para 12 anos e 1 mês, como está no centro do voto do Relator. 

Toda a acusação contra Lula, se baseia na delação do corrupto Leo Pinheiro, que era presidente da OAS. Estava preso, continua preso. O desembargador revisor teve a coragem ou a audácia de dizer: "Leo Pinheiro não é qualquer um" E acompanhou o relator até no aumento da condenação..

O ultimo desembargador, pelo menos falou "apenas" 1 hora e 40. Podia ter falado 15 minutos, cumpriria tudo o que estava combinado, perdão conspirado. UNANIMIDADE em tudo, até no aumento da sentença.


PS- O advogado de Lula, fez um comício libelo contra o julgamento. E garantiu que entrará com recurso imediato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário