Editoria: Helio Fernandes. Subeditoria: Roberto Monteiro Pinho

domingo, 21 de janeiro de 2018

PAULISTAS ENGALANADOS E ENGANADOS

HELIO FERNANDES

Os possíveis ou supostos candidatos, estão fazendo campanha exaltando o "patriotismo paulista".  E dizem textualmente: "Contribuiremos para o progresso do pais, com 3 personagens importantes, como presidente da Republica, governador do estado, prefeito da capital".

Querem se referir a Alckmin (presidente), João Doria (governador), Bruno Covas (prefeito). O único certo é o neto de Mario Covas, que sem duvida ou esforço, assume até o dia 7 de  abril. E fica até o fim de 2020.

Enquanto Covas entra, Alckmin e Doria têm que sair até o mesmo dia 7 de abril, sem nenhuma possibilidade de se elegerem. E até de  obterem legenda. Mesmo mobilizando jornais, que denunciam indevidamente adversários.

Adversário de Alckmin, o prefeito de Manaus, Artur Virgilio respondeu com nota incisiva, que logicamente o jornal publicou, em silencio total. Vou publicar a nota, é pequena e definitiva, serve como esclarecimento.


1- "Não respondo a nenhum processo na Justiça Federal, nem em qualquer outra esfera do Judiciário".

2- "Nenhum voto, nenhuma medida provisória, nenhuma atitude minha como deputado federal, senador, ministro ou prefeito, beneficiou a empresa Odebrecht ou qualquer outra de qualquer ramo"

"Coloco- me á disposição da Folha, para quaisquer esclarecimentos que ela julgue necessários".

Definitivo, que só pode ser refutado com provas, e não com palavras, escritas ou faladas.

O ATROPELADOR EPILETICO E SEM HABILITAÇÂO, EM ALTA VELOCIDADE, NO MEIO DA MULTIDÃO

Inacreditável não o "acidente" que poderia ser mais trágico e mortal. E sim a tentativa do personagem criminoso, de tentar se justificar ludibriando a policia e a justiça.

Se fossem sérios e responsáveis, não teriam aceitado a sua justificativa: "Sou epilético". Deliberadamente se refugiava num crime gravíssimo, para se livrar de um "acidente".

Detido, deveria ter sido imediatamente preso ao confessar o crime de dirigir sendo epilético. Logo chegava a informação que agravava sua situação. Oficialmente o Detran informava que ele estava com  a carteira de habilitação cassada ha mais de 2 anos.

Já transformado num assunto de alta repercussão, jornalistas cobriam o caso, davam detalhes, sobre o que aconteceria a ele. Todos se enganaram. Recebeu dois telefonemas pelo celular, não demorou, um carro veio buscá-lo.

Mandaram ele pra casa. Com o conselho: "Não abandone o tratamento da epilepsia, isso é  grave". E a noticia: "Dentro de uma  ou duas semanas, você receberá em casa, a carteira de habilitação".

PS- Perguntinha ingênua, inútil e inócua: e a justiça?

PS2- O atropelador informou no interrogatório policial de anteontem,"tenho epilepsia desde os 12 anos"

PS3- Em 2015, no Detran declarou, está escrito:"Não tenho nenhuma doença neurológica". 

PS4-Depois de tanta mistificação, mentiras e mais mentiras apenas a acusação de homicídio culposo. Em LIBERDADE.

PS5- "Pano rápido", como dizia o Millor.

ALGEMAS NAS MÂOS, ACORRENTADO NOS PÈS, BARBARIDADE

Jornalisticamente já escrevi tudo o que estava obrigado a escrever sobre ele. Inclusive identificando-o, depreciativamente, como serginho cabralzinho filhinho.Condenado a  87 anos de prisão, e ainda respondendo a 20 processos, criminalmente está pagando ou resgatando sua divida com a comunidade.

Mas me recuso a concordar com essa selvageria exibida por jornais e televisões. E é repugnante essa fotografia. 4 policiais dando a impressão de serem combatentes do terrorismo, se julgando vitoriosos, com a humilhação de um cidadão, condenado por corrupção.

A Lava-Jato completou 3 anos, e nenhum acusado foi algemado. Com exclusividade, na época,   contei no meu blog. O juiz Moro e o MP, acertaram logo no inicio: "Algemas de modo algum". Passaram a andar com as mãos atrás do corpo, dando a impressão de estarem algemados. Não queriam que pensassem que protegiam os presos.

Agora esse espetáculo deprimente, aviltante, revoltante. Ficaria envergonhado de mim mesmo, se concordasse com esse tratamento criminoso, dando a impressão de que o silencio representasse que estava a favor.

PS- E mais: esses 4 policiais, receberam ordem de alguém, com mais  autoridade.Todos devem ser punidos pela selvageria. Da cúpula policial.

PS2- E esse comportamento odioso, não pode se repetir. Se o prisioneiro algemado e acorrentado fosse um negro, lembrariamos da escravidão.

PS3- Era essa a rotina diária de suas vidas.

CRISTIANE BRASIL: 6 DERROTAS E UMA VITÓRIA

Quase 1 mês ficou como quase ministra. Seis juízes diferentes, consideraram que ela não tinha MORALIDADE (textual) para ser ministra do Trabalho. Num fim de tarde de um sábado com a temperatura ambiente perto de  40 graus, um ministro plantonista do STJ, resolveu esquentar mais as coisas.

Então redescobrindo a moralidade, autorizou a deputada a se transformar em ministra. Todos são magistrados. O que é que  o sétimo a opinar, sabe o que os outros  6 não sabiam ?

PS- A ministra Laurita Vaz, presidente do STJ, ficou como plantonista, durante todo o recesso do judiciário. Tenho simpatia por ela, já manifestei isso. Que decepção.

PS2- O vice do STJ, pediu a ela para transferir o plantão para ele, o que a presidente fez imediatamente.

PS3- Até as pedras da rua, (Rui Barbosa) sabiam que ele era a favor da posse da deputada. Assumiu o plantão, ela já sabia que seria ministra.

PS4- Nossa Senhora, foi descuido  ou cumplicidade?

DIA 24 DE JANEIRO, TENTATIVA DE AFASTAR LULA DA SUCESSÃO DE 2018

Mas haja o que houver, aconteça o que acontecer na quarta feira, nada será definitivo. Inesperadamente, duas vezes, uma desmentindo a outra, o Desembargador Thompson Flores aparece duas vezes no centro do espetáculo. 

Na primeira, garante que o julgamento de Lula acontecerá em junho ou julho, com Lula já candidato. (A campanha oficial começa em junho, o PT lançará seu nome imediatamente). Na segunda, Thompson Flores anuncia a antecipação em 6 meses do julgamento. Que passou para  quarta feira, preterindo outros processos que esperam ha mais tempo.

Na verdade o importante não é o julgamento propriamente dito, e sim impedir ou protelar os recursos de Lula. O ex-presidente tem direito a 3: no próprio TRF4, no STJ,no STF. Do dia 24 de janeiro (depois de amanhã até a eleição em 7de outubro , Lula terá 7 meses e 14 dias de prazo, mais do que suficiente.

Preso ou em liberdade, Lula será candidatissimo. Mas os que se opõem a ele, com  a adesão do presidente  do TRF4, garantem: "Mesmo que vença e até sendo empossado, não governará".

Isso é outra historia que precisa  confirmação, constatação, comprovação.
O canal You Tube transmitirá com exclusividade. Tolice.


PS2- A Globo News  começará a transmitir a partir das 7 da manhã. A sessão começa ás  9. Ininterruptamente, nos intervalos, analisará e comentará os votos  e as consequencias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário