Titular: Helio Fernandes Editoria: Roberto Monteiro Pinho

segunda-feira, 10 de junho de 2019


LULA: CONTINUAM A MARTIRIZÁ-LO

HELIO FERNANDES

São impiedosos, apavorados, impiedosos. Ou as três coisas. Como foi
vastamente publicado, a PGR Rachel Dodge, notificou oficialmente que o
ex-presidente já tem condições de mudar do sistema de punição. Sair da
prisão e do fechado para o semi-aberto e até o aberto. (Domestico,sem
regalias e todas as restrições).

INACREDITÁVEL MAS RIGOROSAMENTE VERDADEIRO.

48 horas depois, num processo que rolava ha anos, Lula é novamente
transformado em réu. Querem atingir a imparcialidade, dignidade,
credibilidade da PGR.

E do próprio judiciário.
 
O PLANALTO CONTINUA SABOTANDO GOVERNADORES 
E PREFEITOS
 
Contradição, incompetência, desinformação. Todos que acompanham a
trajetória do projeto da Nova Previdência, (políticos, jornalistas,
membros do suposto governo) sabem que a Previdência estadual e
municipal, por vários motivos devia ser incorporada ao surrealismo
Guedes-Bolsonaro.
 
1- Facilitaria a aprovação, que vai bem, podia ir melhor.
 
2- As administrações estaduais e municipais estão desesperadamente
precisando de ajuda.
 
3- A carta assinada por 25 governadores é a prova disso. (Só 2
governadores não assinaram, Maranhão, PC do B, Bahia, PT. Os prefeitos
queriam assinar, são mais de 5 mil.
 
4- Abandonados, os estaduais e municipais continuam em regime falimentar.
 
5- Falam muito em Pacto Federativo, mas não percebem ou compreendem
que a Republica não é integrada apenas pela União.
 
6- E que a derrocada estadual e municipal, terá desastrosa 
consequencia federal.
 
7- Como alguns ou muitos trabalham por uma solução que atenda á
comunidade, pode haver mudança e modificação.
 
8- Afinal, membros do governo, (desgoverno) garantem: "Sem a reforma da
Previdência, será a catástrofe, não haverá futuro".
 
HA MUITOS ANOS QUEREM ROUBAR A PETROBRÁS 
DO PATRIMÔNIO NACIONAL
 
È a maior empresa do país, alvo das mais disparadas e ilegítimas
manobras para "conquistar" a sua propriedade. FHC, que doou uma parte
enorme de empresas através da famigerada Comissão de Desestatização,
não teve coragem de colocá-la na lista.
 
Mas tentando desmoralizá-la e se explicar com os intermediários, fez
proposta que não vingou:trocar o S final por um Z, daria a impressão
de ser outra empresa. È típico da subserviência e do prazer pela
ilegalidade, desse personagem que desgovernou o Brasil, "80 anos em
8", como escrevi e identifiquei com ele no poder.
 
Depois veio o famoso plano duplo. Enriquecer as empreiteiras e
empobrecer a Petrobras. Com o ato e o fato que foi a maior exibição e
montagem de corrupção acontecida no Brasil. Conseguiram a parte
inicial do objetivo: roubaram quase 100 bilhões da empresa, (confissão
oficial da então presidente) mas a Petrobras continuou impávida,
altiva e altaneira, como a maior empresa do país.
 
Só que agora, surpreendentemente, para os que pretendem ganhar
fortunas com a empresa, "caiu do céu "maquiavélica decisão,
autenticando a impropriedade. Ou seja, o mais alto tribunal do país,
(o STF) autorizou a Petrobras a VENDER AS SUBSIDIARIAS sem consultar
ninguém.
 
Em matéria de trapaça ninguém havia imaginado isso. Só que como eu
escrevi assim que o julgamento acabou, é indispensável a 
INTERPRETAÇÃO ou TRADUÇÃO do julgado. Vou "cobrir" o assunto 
com a maior intensidade. Hoje quero fazer uma denuncia gravíssima.
 
1- A Petrobras está se movimentando para vender as subsidiarias.
 
2- E um grupo poderoso dentro da empresa, quer considerar o pré-sal
como pertencendo a uma subsidiaria.
 
3- È a maior riqueza da Petrobras.
 
4- Tenho combatido os leilões da empresa, com preços muito abaixo 
do mercado.
 
5- Durante muitas administrações, tentavam se justificar: "O pré-sal é
para sempre, temos que faturar".
 
6- Será revoltante se o pré-sal evaporar.
 
7-Merece manifestação pacifica de rua, como foi feito, (duas vezes) em
protesto contra a deseducação.
 
O ESTRANHO, ESDRUXULO E EXTRAVAGANTE BOLSONARO
 
Foi á Argentina convencido de que levará o presidente Macri á
reeleição. Mas como é um irresponsável completo, mudou completamente o
roteiro, e concentrou a viagem na criação da" moeda única". Ideia
disparatada, sem a  menor possibilidade de se concretizar.
 
Empolgou argentinos, num desastre econômico completo,e compreendendo
imediatamente que poderia se constituir numa saída eleitoral, política
e consequentemente econômica. Só que não ha uma possibilidade em 1
milhão de se transformar em realidade.
 
Citou como exemplo a UE, (União Européia, 28 países) ideia
vitoriosa. "Esqueceu" que levaram 8 anos de ajustes e adaptações, e
ainda hoje precisam de correções. Antes de voltar ao Brasil já era
desmentido pelo Banco Central, que timidamente informou, "não existe
nenhum estudo sobre o assunto".
 
Se usasse de sinceridade, faria como a presidente do órgão mais
importante do transito brasileiro. Examinando a decisão absurda e
unilateral de Bolsonaro sobre radares, proclamou e propagou: "O
presidente é imaturo e apressado".
 
Usando de coragem e independência, acertou em cheio. Só errou na
fixação do tempo. Ele não FOI imaturo. Ele Ê imaturo.
 
O PACTO REPUBLICANO ENTRE OS 3 PODERES, QUE "ADiVINHEI", 
NÃO PODIAM ASSINAR
 
Anunciaram com estardalhaço, "no dia 10 de junho uniremos
Executivo, Legislativo e Judiciário". Isso referendado pelos
presidentes. Bastava abrir a Constituição para constatar. O STF tem
que julgar, não pode se atrelar e assumir compromissos com fatos que
ainda não aconteceram.
 
Comentei mais. O Executivo e o Legislativo têm "relacionamento muito
próximo e obrigatório, mas não podem se comprometer antecipadamente.
Garantiram que assinariam até 10 de junho.
 
PS- Esperaram o 10 de junho, (ontem) para negar a eles mesmos.
 
SÓ SE FALA E SE TRATA DE PREVIDÊNCIA
 
È o único assunto comentado, discutido, examinado. Parece que o
capitão e o ministro Guedes acreditam mesmo que salvarão o país com
essa farsa que transformarão em realidade no Congresso. Provavelmente
ainda neste junho. E obrigam os órgãos de comunicação a se fixarem no
assunto.
 
Ontem, o programa Maria Beltrão, (de maior audiência no horário)
colocou em campo jornalistas importantes, em ordem alfabética: André
Trigueiro, Marcelo Lins, Otavio Guedes, e a inesperada revelação,
Daniel Souza. Informaram e comentaram.
 
CONSEQUENCIAS IMEDIATAS DA MATÉRIA SENSACIONAL 
DO INTERCEPT
 
Jornalismo puro sobre comportamento impuro do ex-juiz Moro e do
Procurador Dallagnol. De vários lados, surgem pedidos de demissão de
Moro. E o Conselho dos Procuradores quer investigação sobre Dallagnol.
Os dois tentam se defender sem nenhuma autenticidade.
 
E o Intercept, com total autenticidade diz que foi a primeira
reportagem denuncia.
 
ÚLTIMA NOTA
 
Contestadissimo, o capitão abandonou a ideia da "moeda única"
Brasil-Argentina. A opinião publica recebeu como piada. O BC,
oficialmente, informou, "jamais se cogitou disso, não existe a menor
possibilidade de se transformar em realidade"
 
Em matéria de desmentir o presidente da Republica, só perde para a
dirigente máxima do maior órgão nacional de transito. Quando o capitão
"legislou" sobre radares, ela rotulou: "È IMATURO E APRESSADO".


Nenhum comentário:

Postar um comentário