Titular: Helio Fernandes

segunda-feira, 23 de setembro de 2019

CRESCE A DESIGUALDADE

HELIO FERNANDES

Das riquezas geradas pelo mundo, 82% enriquecem ainda mais os, já, super ricos. Os pobres trabalham cada vez mais, ficam cada vez mais miseráveis e sem condições de sobreviver.

Em publicações feitas anteontem, os mais competentes e respeitados institutos de pesquisa do mundo, assustaram para valer.

Constatação não contestada: "Nos próximos 10 anos, a economia estará em queda no mundo inteiro". Resistirão 4 ou 5, mas como sobreviver numa comunidade soçobrando?

INICIO DE SEMANA, RETUMBANTE E RETUMBADO

"Há 70 anos, o presidente do Brasil discursa na abertura da sessão anual da ONU. Todos firmaram a tradição, com honra, orgulho e tradição, menos Bolsonaro, que tem consciência (inconsciência ) da sua fragilidade."

Engendrou então o plano que rotulou de "estratégia genial". Marcou a cirurgia nada urgente, de maneira que coincidisse( a cirurgia e a recuperação) com a abertura da sessão da ONU.
A sessão começa amanhã,24. Ele deve viajar hoje segunda 23, por volta das 11 da segunda, quase terça. Chega em NY pela manhã. Descansa e vai direto para o gabinete do Secretario Geral, que é de Portugal, podem conversar. Entrega a ele atestado medico, que recomenda repouso completo, nada de discurso. 

Leva o discurso pronto, redigido por muitas mãos e nenhum cérebro. Alguém vai ler, no momento a disputa está entre o ministro Guedes e o filho quase embaixador.

Para Bolsonaro, nenhum encontro marcado no plenário ou fora dele. A grande preocupação é com o conteúdo, agressivo, amalucado, irresponsável como o próprio personagem.

A boa noticia: Bolsonaro pretende vir logo embora. Ficaria em NY, um ou dois dias. Mas ele mesmo anunciou que jantará com Trump.

PS-Realmente, ir aos EUA e não se encontrar com Trump, de quem se diz grande amigo, fracasso total.

PS2- Só que na agenda do presidente, nada sobre esse jantar.

PS3-Em matéria de Bolsonaro, tudo é vexame. Maior ou menor, mas vexame

CENTENAS DE MILHÔES DEJOVENS, ENCHERAM AS RUAS DO MUNDO COM PROTESTO

Eram jovens mesmo, de 7 e 8 anos, falavam em microfones, como se não tivessem feito outra coisa na vida. Responsabilizavam os que se intitulam de lideres, mas deixavam e deixam o planeta morrer, sufocando a todos sufocando o meio ambiente. 

Condenavam nas ruas, os que diziam:" O futuro é de vocês". E respondiam: "Que futuro podemos ter, se estão matando o futuro onde deveríamos viver". O mundo todo compareceu e compartilhou esse momento de grandeza, solidariedade, desprendimento.

PS- Sem convocação, os jovens protestaram. No Brasil, houve destaque em pelo menos 190 cidades.

PS2- Que todos os fins de semana fossem iguais a esse, com jovens comandando a revolta e a omissão.

sexta-feira, 20 de setembro de 2019

BOLSONARO È PRESIDENCIÁVEL PARA 2022, 3 ANOS E MEIO ANTES DA ELEIÇÃO

HELIO FERNANDES

Assim que tomou posse, sem ninguém perguntar, afirmou:" Não disputarei a reeleição". Com 6 meses no Planalto, voluntariamente esqueceu do compromisso, surgiu como candidato para 2022. Antecipação inédita na Historia da Republica.

Com isso, insuflou os que eram candidatos mais do que previsíveis, como o governador de SP, que se elegeu com o jogo de palavras ou nomes: "BOLSODORIA". O primeiro ato para 2022, foi hostilizar o possível adversário. E adquirindo os direitos da mansão do negocista que se finge de homem de negócios, quase certo que a mansão seja novamente, centro da campanha presidencial.

Com o açodamento de Bolsonaro, surgem os ressurgem, candidatos como o apresentador de TV, Luciano Huck. Os mais íntimos já ouviram varias vezes:" Em 2022 irei até fim, não desistirei como em 2018". FHC adora ser chamado de COORDENADOR da candidatura Huck.

PS- Em 2014, ocupou a mesma posição na candidatura Aécio, então no auge.

PS2- Aécio, que tinha todas as chances de vencer, nomearia FHC, embaixador na ONU.

PS3- Não sei se Huck assumiu o mesmo compromisso.

PS4- Dois obstáculos intransponíveis. Huck não ganha de jeito algum.

PS5- FHC estaria com mais de 90 anos.

BOLSO,SATISFEITÍSSIMO,VAI À ONU, SEM MEDO DE VEXAME
Tudo planejado para ir a NY como presidente do Brasil, cumprir a tradição de pronunciar o discurso inaugural. Mas ele mesmo estava assustado. Exibir para 195 chefes de Estado e de Governo, aquelas palavras que recita diariamente como comunicação, era realmente de assustar.

Engendraram então um plano que executaram, intitulado de " estratégia genial". Dividido em varias fases, algumas já executadas. A ultima marcada, ( por enquanto ) para a madrugada do dia 23, chegaria em NY no dia 24, abertura da sessão da ONU, quando teria que discursar.

Consumada a farsa, tudo coincidiu, as datas se ajustaram.

Passaram então para o segundo episodio, que estão propagando. Bolso levaria o discurso já pronto. E um atestado medico garantindo que não poderia faze o esforço de lê-lo. Seria designado então alguém de total confiança e intimidade para fazer a leitura.

No momento, o favorito é Paulo Guedes, tem tantos anos de EUA quanto de Brasil. No dia seguinte voltariam para o Brasil, com medo que descobrissem, a falcatrua verbal.

PS- E o que está assentado. Mas como faltam 4 dias, e levando em consideração o passado dos personagens, tudo pode mudar.

A REFORMA ELEITORAL, QUEBROU A BOA CONVIVÊNCIA,CÂMARA E SENADO

O senador Alcolumbre e o deputado Rodrigo Maia, estabeleceram surpreendente harmonia entre as duas casas do Congresso. A ponto de juntos concederem entrevista de meia hora á TV. Espetáculo praticamente inédito, aplaudido pela opinião pública.

Infelizmente durou pouco, não resistiu aos interesses pessoais e particulares de parlamentares, da câmara e do senado. A esdruxula e bilionária reforma eleitoral, restabeleceu a hostilidade de sempre, deputados e senadores deixaram de ficar do mesmo lado.

A culpa é do senado, que acintosa e autoritariamente, sem o menor dialogo com deputados, modificou o que foi aprovado pela câmara. Agora o projeto volta á câmara, que restabelecerá o que havia sido aprovado e modificado pelo senado.
Os presidentes das duas "casas" falaram. É facílimo constatar de que lado está a razão e a credibilidade.

Rodrigo Maia: "Os deputados aprovaram o que consideraram melhor para o sistema partidário e eleitoral". Tudo indica que manterão a convicção anterior.

Alcolumbre, fugindo da realidade, da credibilidade e da responsabilidade:" Como presidente do senado, só me cabe unicamente dirigir os trabalhos". Pela repercussão conquistada em poucos meses, e pelo tamanho da comunicação obtida,(principalmente como representante de um território transformado em estado) é o trabalho dele aproveitando os espaços e as manchetes, que está prevalecendo.

PS- O importante é verificar o comportamento de Alcolumbre, depois da câmara repudiar a intromissão do senado.

MERCADO FINANCEIRO, NO BRASIL E NO MUNDO

Antes a preocupação era com ações e moedas. Continuam no placar, mas a grande incógnita é o preço do barril de petróleo. Só para ter uma ideia da importância financeira, a Arabia Saudita joga no mercado,diariamente, 11 milhões de barris.
Uma semana antes do ataque á maior refinaria da Arabia Saudita, a cotação estava em 46 dólares. Com o ataque,saltou para 62. Ontem, uma semana depois do ataque devastador, fechou em 59, só perdeu 3 dólares do pique.
O dólar tem performance diferente. Diariamente o BC joga 580 milhões no mercado, os jogadores compram sabem que estão fazendo bom negocio, a moeda continua subindo. Ontem fechou a 4,16 estão no lucro, o governo não tem cacife para enfrenta-los e derruba-los




quinta-feira, 19 de setembro de 2019

ONU: ASSUNTO COMPLICADO, PERSONAGEM RETARDADO

HELIO FERNANDES

Durante 70 anos,( desde 1949) o presidente do Brasil, mesmo quando não era eleito, apenas presidente entre aspas, comparecia e presidia.( Durante a ditadura de 21 anos, a ONU poderia não ter recebido o representante do Brasil. Não seria quebra da tradição. E sim fortalecimento da democracia).

Agora, a questão se transformou em polemica. Mas com uma convergência de opiniões. Tanto no Brasil quanto no mundo, "torcem" para que Bolsonaro não compareça. Aqui a ausência foi levantada pelo próprio Bolsonaro. E logo, estrepitosamente ganhou as ruas. O povo envergonhado, desesperançado, constrangido de ser representado por alguém sem representatividade.

Reunidos na ONU, normalmente, presidentes e Primeiros Ministros de 195 países. Mas antes da reunião começar, têm mantido contatos inéditos. Os principais lideres não querem vetar a presença de Bolsonaro. Mas concordam que a sessão seria tranquila e confortável, sem a sua presença.

PS- Faltam 5 dias para começar a sessão da ONU.

PS2- O povo brasileiro pede a Deus que contribua para Bolso não viajar.

TEMER, PRESIDENTE CORRUPTO- USURPADOR, DEVIA ESTAR PRESO, FICA MISTIFICANDO NA TV

Deu entrevista anteontem, ao vivo e a cores. Textual: "A presidente Dilma foi derrubada por um GOLPE, e ainda sofreu Impeachment". ( Repetiu 3 vezes a palavra golpe, não foi contestado). È publico e notório, foi assunto interminável, que o golpe foi planejado e executado pelo próprio Temer, e o parceiro de sempre, Eduardo Cunha, então presidente da câmara.

Cunha perdeu o cargo, foi preso, não aceitaram a sua delação. Temer assumiu a presidência. Sem caráter, escrúpulos e convicções, foi feito presidente. Recebia empresários-bandidos, de madrugada, logico, fora da agenda. 

Processado, mas protegido pelo TSE durante 3 anos.( O mais alto tribunal eleitoral 1 ano presidido por Toffoli. 2 por Gilmar Mendes. Depois de enorme vergonha e os maiores escândalos, foi ABSOLVIDO pelo Voto de Minerva de Gilmar Mendes). 

Qual a razão dessa estranha confissão do presidente corrupto e usurpador?

A DEMISSÃO DO MILLOR ACABOU COM A REVISTA O CRUZEIRO

Depois de atingir a fantástica tiragem de 750 mil exemplares semanais, para uma população de 40 milhões de habitantes e sem assinatura, (era preciso comprar nas bancas) a revista entrou em "crise de genialidade". Era natural e compreensível.

Chegavam diariamente, milhares de cartas O campeão de recebimento era o Franklin de Oliveira, que fazia a coluna, "A semana deixou estas lembranças". Que ele transformou num ensaio filosófico sentimental, magistralmente bem escrita.

Mas as atrações maiores eram as reportagens,( dezenas) e o "Pif-PAF", as duas paginas centrais, que o Millôr começou a fazer com 24 anos. E a revista desapareceu, quando ele foi demitido, 20 anos depois. Uma heresia, o auge da censura junto com a burrice e a falta de caráter.

O Millôr nem estava no Brasil. Foi passar 1 mês nos EUA, na casa da sua grande amiga, Carmem Miranda. Deixou matéria para 4 semanas. Uma delas, intitulada, "a verdadeira Historia do paraíso". Maravilha. Mas com final dramático. O cardeal pediu ao Chateaubriand " que demitisse o Millôr".

O que foi feito com excesso de subserviência. No espaço do "Pif-PAF" colocaram um texto libelo contra o próprio Millôr. Entrou na Justiça, ganhou o que era mais que justo. O Millôr não ficou desempregado, tinha farto mercado, era eclético e genial.

PS- Só que a revista passou a ser uma usina de faturamento torpe, da dupla David Násser- Chateaubriand.

PS2- Que o notável Makuiloube desvendou e entregou ao publico. Num livro de reportagem genial.

PS3- O mesmo repórter que escreveu o livro, " O cadete e o capitão", logico, sobre Bolsonaro.

BEBIANO CRESCE PARA PREFEITO DO RIO

Advogado com grande clientela. Esportista de uma família, " 400 anos botafoguense", não pensava em carreira politica. Conheceu Bolsonaro profissionalmente, começou a participar da campanha, gostou, se destacou, continuou. Formado o governo, ficou como o numero 2 da equipe, logo depois do capitão, incluídos civis e militares.

Mas com Bolso não há futuro para ninguém, a não ser da família. Ele não resiste a intrigas. Bebiano foi demitido pelas costas, de forma covarde, torpe, desprezível, estava começando a se reencontrar com a advocacia. Surpreendido, recebeu telefonema de Rodrigo Maia. Disse:" Quero conversar vou levar comigo o governador de SP". 

Foi primeiro encontrar com o presidente da câmara, que lhe disse:" Eu e o João Dória estamos cuidando da sucessão de 2022, mas antes vem 2020". E concluiu: "Queremos você para candidato a prefeito do Rio". Dória confirmou tudo, ele aceitou, vem muito bem nas pesquisas.

PS- Por enquanto só perderia para Eduardo Paes, que não confirmou candidatura.
PS2-As notícias que chegam do Planalto: Bolso está preocupadíssimo.

MERCADO FINANCEIRO

O BC continua desperdiçando a moeda americana e não consegue baixar a cotação. 
Ontem vendeu os habituais 580 milhões de dólares, e logo cedo a cotação foi para R$ 4,10. 

A mais alta dos últimos tempos.

quarta-feira, 18 de setembro de 2019

O ARTIGO DE LACERDA: "CARTA A EX-AMIGOS FARDADOS".

HELIO FERNANDES

Citei o que Lacerda escreveu, não disse onde foi publicado. Habitualmente era na Tribuna, já dirigida por mim. Como muita gente se comunicou comigo das formas mais variadas, vou satisfazer a curiosidade geral.

Ele telefonou convidando para almoçar. Isso era comum, e habitualmente no extraordinário Museu de Arte Moderna. Me disse que chamou também Renato Archer, grande amigo e personagem notável.

Em determinado momento, tirou do bolso umas folhas, era o artigo. Li, fiquei impressionado, ia botando no bolso, ele me pediu de volta, explicou:" È para O Globo. O Roberto Marinho vive reclamando que eu só escrevo para você".

Era verdade, esse saiu no Globo.

ENTREVISTA MAGISTRAL, BASEADA NO LIVRO, O "CADETE E O CAPITÃO"

Foi escrito pelo extraordinário escritor-repórter-biografo, Luiz Makloub de Carvalho. Insuperável como repórter, independente com a coragem de publicar o que descobriu. Por isso tem 8 livros e cheio de prêmios Ele falou na Globo News, e logico é sobre a vida de Bolsonaro.

Contou: " Enquanto pesquisava, e descobri que fazia contrabando, (na fronteira de Mato Grosso com o Paraguai) tentei conversar com ele. Nunca obtive resposta. Quando o livro foi publicado, silencio total".

Pena que a entrevista tenha sido exibida a 1 hora da madrugada. Nesse horário só quem está na televisão é evangélico. Enganando e sendo enganado, em quase todos os canais.

PS- Comprem o livro, é barato, pequeno, dá pra ler num dia


BOLSO REASSUMIU, AUMENTOU O PORTE DE ARMA

Estava ansioso por voltar ao Planalto. Não para governar, não sabe o que é isso. Queria cumprir o compromisso com os empresários, (proprietários) de aumentar o porte de armas. 

Eles querem andar armados não apenas nas fazendas. Mas em todos os lugares. Assinou na hora e na rua. Esse pessoal é perigoso armado não só no âmbito das fazendas, e sim em todos os lugares.

Assassinam os que fazem oposição e fiscalização, ( como a missionaria Dorothy)ficam impunes para o resto da vida.

terça-feira, 17 de setembro de 2019

COMO O MEDÍOCRE E FARSANTE PAULO GUEDES CHEGOU TÃO LONGE

HELIO FERNANDES

Quando Bolsonaro indicou-o como "super ministro" da Economia, fez duas afirmações surpreendentes, assombrosas, estarrecedoras. 1- " Sou completamente analfabeto em economia". Rigorosamente verdadeiro e poderia se estender pelos assuntos mais variados.

2- Vou indicar como ministro, Paulo Guedes, sabe tudo sobre o assunto, inclusive é formado pela famosa Universidade de Chicago. Única afirmação verdadeira. Mas aos fracassos no Brasil, (anteriores ) juntou outros nos EUA. Diplomado e sem emprego, vivendo de ligações espúrias e perigosas. 

Resolveu então voltar para o Brasil onde colecionara múltiplos fracassos. Ligado e perfilhado pelo capitão- presidente, atingiu o auge e o apogeu da mistificação. Manejou e movimentou números alucinantes de economia, o mínimo era o TRILHÃO, que exibia sem constrangimento. 

De fracasso em fracasso, vai enfrentar um roteiro cheio de obstáculos, que se chama TRAMITAÇÃO, com derrotas certas e inevitáveis . Sem convicções e para se divertir, insultou a mulher do presidente da França, manejando a baixaria com incrível facilidade.

Como a CPMF é um dos assuntos do dia, jornalistas quiseram saber sua opinião. Resposta tola: "Não quero falar sobre o assunto, o ultimo que falou foi demitido".

Estava se referindo ao secretario Especial da Receita, Marcos Cintra, demitido sumariamente pelo próprio ministro Guedes. O que se comenta abertamente: "Cintra estaria querendo criar imposto imobiliário sobre as riquíssimas igrejas evangélicas, que podem tudo".

O GENERAL PORTA-VOZ, ANUNCIOU: "ESTÁ MARCADA PARA O DIA 22, A VIAGEM DO PRESIDENTE PARA A ONU

Não duvido que esteja. Já elogiei o general, o único de todo o governo. Ele cumpre sua função, obrigação, profissão: transmite a voz do presidente, mas não tem interferência na mensagem que está lendo. Semana passada, comunicou: "Quinta feira o presidente deixará o hospital".

Na quinta mudou o comunicado, " o vice general Mourão ficará mais 4 dias em exercício, até hoje, terça 17". Novamente portou a voz de forma diferente. Em vez de ligar Bolsonaro ao hospital, localizou-o com a viagem. 

Hoje o porta voz tem que explicar o que acontecerá com o capitão presidente.

LULA PERDEU A LIBERDADE, PODE ESTAR PERDENDO ATÉ O PT

Há 4 meses a PGR comunicou oficialmente ao STJ:" Lula já cumpriu o tempo necessário para MUDAR para regime semiaberto ou até domiciliar". O tribunal recusou sumariamente, o ex-presidente continuou sem ser favorecido pelo que manda a lei.

A PGR vai entregar o cargo. E a lei vale para todos, menos para Lula. Seus advogados entraram com recurso no STF. A Segunda Turma, que libertava por 3 a 2, condenados da Lava Jato, mudou o placar, condenou Lula por 3 a 2.

Recorreu para o plenário, Toffoli está sentado em cima do pedido, que não consegue pauta. Entraram com recurso contra o ex-magistrado Sérgio Moro, acusando-o de PARCIALIDADE. Imediatamente examinaram a questão, ABSOLVERAM o agora ministro, "PATRIMÔNIO NACIONAL".( Royalties para o capitão presidente).

No momento, o que parecia impossível ou inimaginável. Do alto da cúpula do PT, ainda discreto mas crescendo, um movimento para "tirar Lula das manchetes". O primeiro ato desse roteiro, está encontrando dificuldades. Eleger um novo presidente para o partido, que não seja tão lulista, quanto a atual.


O NOVO PGR, EXIBE ARROGÂNCIA INUSITADA

Quando Bolsonaro anunciou Augusto Aras como substituto de Rachel Dodge, duas surpresas. Não cumpriu a tradição da lista tríplice, ( não era obrigado constitucionalmente) e escolheu um nome completamente despreparado, desprestigiado, sem nenhuma liderança.

A própria Associação dos Procuradores repudiou duramente a escolha. Em nota oficial disse horrores do novo PGR. Sem a menor reação, a impressão é que concordava inteiramente com os comentários do órgão mais representativo da sua função e profissão . 

Só que a posição passiva, durou apenas 4 ou 5 dias. Começou a visitar senadores, tem que ser sabatinado e aprovado por eles. Mas o Augusto Aras que surgiu, inteiramente diferente. Contou a senadores e a jornalistas, uma conversa que teria tido com o presidente. 

Sua posição, (vastamente publicada) durante a conversa que teria tido com o presidente, ultrapassa os limites da MISTIFICAÇÃO. E para quem conhece e acompanha a intolerância de Bolsonaro, ele não ouviria 10 por cento do relatado por Aras. Seria demitido antes de ser escolhido, convidado e nomeado.

CARLOS LACERDA, MARIO LAGO, HELIO FERNANDES: LEMBRANÇAS DA PRISÃO, 24 HORAS DEPOIS DO FAMIGERADO E INESQUECÍVEL, AI5

Assim que vi na televisão a leitura desse documento amaldiçoado, comecei a me vestir, sabia que seria preso imediatamente. Fui para o jornal, Lacerda me telefonou perguntando o que aconteceria com ele. Resposta: "Você vai ser preso e cassado". Do outro lado, um berro: "Você está acostumado a adivinhar, mas dessa vez, não vai acertar nem uma nem outra".

Não queria, mas era facílimo acertar as duas. Eu fui preso as 10 da noite, Lacerda no dia seguinte às 9 da manhã. Me abraçou carinhosamente, falou: "Está bem. Estou preso mas não vou ser cassado". É lógico que isso aconteceu quase imediatamente.

As conversas se prolongaram por quase 1 mês, dá pra contar alguma coisa rapidamente.
Estando na ONU, como embaixador, poderia ser cassado, mas não preso. Ele acreditou que não seria cassado, tinha enorme influencia no Exercito. Mas os militares o abandonaram completamente. Escreveu então artigo que está todo no título: " Carta a ex-amigos fardados". Emocionante. Gostando ou não gostando de Lacerda, é imperdível. Não sei como encontrar, mas muitos saberão.

Completando e complementando- Isso era 13 de dezembro, consequências do famigerado AI-5. Passamos o Natal e o Ano Novo presos. O Carlos Lacerda, que fora solto, foi cassado. No dia 2 de janeiro viajou para a Europa, teve a grandeza de ir se despedir de mim e do Mario Lago. Nós dois fomos soltos em 6 de Janeiro, Dia dos Reis. Os generais eram torturadores e assassinos, mas muito católicos.

Estávamos no Regimento Caetano de Farias, como eu disse dormíamos no chão. À tarde chegou o Mario Lago, foi preso no Teatro Santa Isabel, estava fazendo um personagem escocês, vestia uma roupa característica da Escócia. Existiam outros presos que não conhecíamos, Mario Lago explicou: "Aqui só quem me conhece, é o Carlos Lacerda e o Hélio Fernandes, já estivemos presos outras vezes. Eu estou com essa roupa mas não sou viado. (a palavra gay, surgiria dezenas de anos depois).

MERCADO FINANCEIRO, AQUI E LÁ FORA

No Brasil, a pasmaceira habitual. As ações não sobem nem descem. Ontem quase 10 BI movimentados em OPÇÕES de ações.

O dólar e o BC continuam se desencontrando. Foram vendidos os mesmos 580 milhões e a cotação ficou em R$ 4,09.

Bom para o Brasil a movimentação da cotação do mercado de petróleo em Londres. Só ontem subiu 14 por cento. Semana passada estava em 46 dólares por barril. Ontem fechou a 62.

Se continuar assim, o leilão do pré sal de novembro, sensacional.

Se continuar assim, o leilão de novembro da Petrobras, será sensacional.

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

CARLOS LACERDA ERROU COMPLETAMENTE, RECUSANDO SER EMBAIXADOR NA ONU

HELIO FERNANDES

Já que estou tratando da ONU, vou contar,(como está no título) um episodio praticamente inédito, que teria transferida e transformada a realidade politica e eleitoral do país. Janeiro de 1967. Um sábado, toca o telefone, na época, nem vestígios do celular. Me avisam: "È o Lacerda". Atendo, ele pergunta se vou sair, "tenho uma revelação importante, em meia hora estarei aí". Desde 1962 moro na mesma casa, num lugar complicado, mas conhecidíssimo dele.

Eu estava na sala, lendo a biografia do Chaplin, como sempre ele se deixava trair pelo ambiente. Já lera, cita trechos, adora meus quadros, conhece e fala sobre todos os autores.(Para num retrato de Rosinha pintado pelo Bianco em 1961. O quadro é lindo, a personagem, lindíssima) .

Só então conta a revelação:" Estou vindo do Palácio Laranjeiras, estive mais de 1 hora com o Castelo Branco, ele me convidou para ser embaixador na ONU". Interrompi: " Você aceitou na hora". Resposta: "Recusei, serei presidente da Republica. (Ouvi isso varias vezes dele e de Brizola).
Retomei o tema, comentei: " Carlos, é o cargo ideal. Você fala 4 idiomas correta e correntemente, é um orador extraordinário, (que eu só chamava de "tribuno da imprensa", ele vibrava) tem paixão por politica internacional, é a oportunidade de sair deste inferno que é o Brasil".

Como se fosse um realejo, repetia: "Vou ser presidente da Republica". Ficamos mais duas ou 3 horas conversando sobre tudo, ao sair, pediu: "Usa a tua famosa memoria, conta tudo que conversamos, não diz que foi comigo, tira o convite para a ONU, quando chegar a hora o furo é teu".

Escrevi ou transcrevi a conversa em matéria de pagina inteira. Às 9 da manhã, telefonou, textual:" Você é incrível, a matéria ficou extraordinária. Quero que você diga que a conversa foi comigo, pode publicar o convite para a ONU".

Foi um estrondo, os generais-torturadores-assassinos não sabiam de nada. A preferencia deles não era Lacerda EMBAIXADOR e sim Lacerda CASSADO. Isto aconteceu em 1968, estávamos presos, eu cassado desde 1966.

( Um dia contarei a historia dessa prisão, honrosa e satisfatória com a presença do notável Mario Lago. Dormíamos no chão de madeira dura. Lacerda reclamava muito, tinha motivos. Mas um dia disse para ele: "Quem está preso, não PEDE nem CEDE nada").

AGORA, NINGUÉM POUPA O DEMITIDO MARCOS CINTRA

No cargo importante de Secretario Especial da Receita, era temido, poderoso, seguido, respeitado. Afastado do cargo virou alvo geral. O presidente do senado, não perdeu a oportunidade:" A demissão de Marcus Cintra não prejudica a reforma tributaria".

Surgiram versões iguais ou parecidas. Falam que pediria aposentadoria. Está difícil trabalhar no ambiente criado com a demissão do cargo Especial.

A BLOOMBERG SOBRE BOLSONARO

Sempre bem informada, seu proprietário é o terceiro homem mais rico do mundo. Foi 13 anos prefeito de NY. Esperava ser Presidente da Republica.

Noticia exclusiva sobre o presidente brasileiro: "Com sonda e voz ofegante, fez transmissão ao vivo pelas redes". O que não contaram: os médicos eram contra.

ULTIMA NOTA DA JOGATINA

A rotina da jogatina, não muda. Sexta feira, o BC continuou vendendo 580 milhões de dólares. E a moeda americana, que estava em 4,07 qualquer coisa, foi para um pouco mais de 4,09.

Nesta semana que começa hoje, melhores expectativas e perspectivas, principalmente longe dos cassinos. No sábado entramos na primavera.

Não é uma Primavera de Praga, mas é a lindíssima primavera brasileira.

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

A VOLTA DA CPMF E O "DESCOMPROMISSO" DO CAPITÃO

HELIO FERNANDES

Bolsonaro fala muito em "compromisso de campanha". Mas só vale quando interessa a ele. Assim que foi eleito e empossado, começaram a falar na volta da repudiada CPMF. Foi taxativo, como sempre, antes de se desmentir: "Nenhuma possibilidade, somos contra, é compromisso de campanha".
Rodrigo Maia também não deixou dúvidas: "Não passa a CPMF ou coisa parecida".( Só que o presidente da Câmara, inesperadamente está indo contra o vento. Foi o ultimo a criticar o filho de Bolsonaro, e ainda colocou a introdução estranha:" eu não queria tratar desse assunto").

Na amaldiçoada questão das armas, (posse e transporte) Bolsonaro também apelou para o compromisso de campanha. Só que o mais grave e mais importante é o que envolve a presidência da Republica. Logo depois da posse, respondeu sem ninguém perguntar: "Não disputarei a reeleição".
3 anos e meio antes de terminar o mandato, quebrou todos os limites e padrões, abriu a campanha para a sucessão de 2022, lançando a candidatura para a reeleição, que garantiu que não "DISPUTARIA".

Não podia faltar a mistificação do subserviente, subalterno e trefego Paulo Guedes, até quando se trata de insultar vergonhosamente a mulher do presidente Macron.

Na questão da CPF Guedes veio correndo socorrendo o chefão: "Com a nova CPMF, podemos arrecadar 200 bilhões". È o mistificador de sempre, maneja e movimenta números, sem constrangimento ou respeito com a ARITMÉTICA que o chefão confunde com MATEMÁTICA.

PS- Guedes começou com economia de 1 TRI passou para 1 TRI, 240 BI.

PS2- Depois de um longo tempo a câmara reduziu para 993 BI.

PS3- O senador Jereissatti aumentou para 1 TRI,315 BI.

PS4- Agora, o super Rogério Marinho aplainou para 896 BI. 

O JOVEM BOLSONARO PRECISA DOAÇÃO URGENTE DE UM LIVRO DE CHURCHILL

Muito jovem, ele não sabe quem foi o líder dos Aliados, Primeiro Ministro do Reino Unido, que combateu e derrotou o nazismo e o fascismo. E ainda teve tempo de escrever vários livros. Todos best seller, vendidos no mundo inteiro.

Num deles ensinou:" A democracia é o pior dos regimes. Excetuados naturalmente, todos os outros". A culpa é do pai, que estimulou o gosto pelas armas. Em vez da satisfação, cultura, do conhecimento e do prazer pelos livros.


BOLTON, CONSELHEIRO DE SEGURANÇA DOS EUA, FOI DEMITIDO POR INSEGURANÇA

Não devia ter sido nomeado, já esteve para deixar o cargo varias vezes. Escrevi muito sobre ele na Tribuna da Imprensa. Conselheiro do presidente George W. Bush, orientou-o a invadir o Iraque. Garantiu que esse país tinha completado o circuito e se transformado numa potencia nuclear.

Convenceu Bush que o Iraque passara a ser ameaça total aos EUA. Só com a palavra de Bolton, sem informação, investigação ou confirmação, invadiu o Iraque. Destruiu o país, acabou por mandar enforcar seu presidente, respeitado líder socialista.

Bush quase sofreu impeachment, foi salvo pela ação do pai, ex-presidente. A ONU determinou investigação sobre o fato, ficou provado que o Iraque não estava nem no primeiro estagio nuclear. Bolton foi dado como morto, politicamente, sem qualquer chance de reabilitação.

Quando Trump foi eleito e assumiu, surpreendeu os EUA e o mundo, nomeando Bolton para o cargo que ocupou com Bush. Trump está completando 3 anos no governo, metade(17 meses com Bolton no cargo e uma serie de fracassos) descumprindo o que prometera e garantira. Confirmara a Bush, que resolveria os problemas da Coreia do Norte, Irã, Venezuela. E agravou tudo, tentando prorrogar a guerra com o Afeganistão.(Que já completou 18 anos, e Trump queria paz).

Dois fatos muito citados nos EUA.

1- Essa demissão pode ameaçar a reeleição de Trump, ano que vem.

2- O fracasso na Venezuela, muito mais importante do que se diz. Trump não queria e não quer intervenção armada. Bolton tem essa intervenção como único objetivo.

O IRRESPONSÁVEL GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO

Depois de desperdiçar tempo e gastar 1 BI na linha 4 do metrô, numa inutilidade total, anunciou: "Vou INVESTIR (?) mais outro BI para fechar o buraco!".

Assombro inacreditável. E o MP ameaçou entrar na Justiça para impedir essa barbaridade.

O governador imediatamente fez contato com os Procuradores, assumiu o compromisso de não fazer obra para fechar o buraco. Os Procuradores concordaram, mas queriam, (EXIGIRAM), a continuação das obras para a inauguração dessa abandonada linha 4.

O governador respondeu, "este compromisso não posso assumir". O MP garantiu que entraria na Justiça pela continuação das obras e inauguração da linha 4. O governador, sabendo que perderia, mudou totalmente o comportamento.

Garantiu que no máximo em 1 anos, o metrô estará funcionando.

Parabéns ao MP.

ÚLTIMA NOTA

O presidente do BC, continua insistindo na tolice:" Se recusar a vender ou leiloar dólares das reservas, é TABU que tem que ser superado". Entregou mais 580 milhões, a moeda americana, intocável, ficou em R$ 4,07.

O presidente do BC, se chama Roberto Campos neto, pelo nome não se perca ou se identifique.
Nesta sexta, que mude de orientação.