Editoria: Helio Fernandes. Subeditoria: Roberto Monteiro Pinho

segunda-feira, 26 de junho de 2017

O DESESPERO DE PALOCCI

HELIO FERNANDES

Ainda não conseguiu estabelecer os alvos da delação. Nem mesmo acertou os termos do depoimento com a força tarefa de Curitiba. Primeiro, havia se fixado em Lula. Amigos e até advogados, tentaram convencê-lo de que seria contra ele, afinal deve toda sua carreira ao ex-presidente, chamaram de COVARDIA. Aparentemente aceitou rumores fortes de que investiria contra bancos, Bolsa, corretores, o que se convencionou chamar de mercado.

Mudou novamente, e aí não mais rumores e sim confirmado: se voltaria contra Guido Mantega, Ministro da Fazenda como ele. O próprio Guido nem ligou, comentou: "Eu fiquei 9 anos, saí no fim. Ele foi demitido da Fazenda e da Casa Civil".

Agora, o pânico de Palocci é mais do que real: ele pode ser condenado antes mesmo de fechar acordo com a Lava Jato. O processo está em cima da mesa de Moro. Se for condenado antes, sua situação se agravará terrivelmente.

DEPOIS DE 21 ANOS DE DITADURA, O BRASIL È UM DESERTO DE HOMENS E IDEIAS

O corrupto e corruptor Michel Temer tem um titulo e uma credencial irrevogável e irrefutável: é o primeiro presidente não eleito, mas no poder, que já deveria ter saído do Planalto (vá lá, do Jaburu, menos espetacular) preso, no caminho  da condenação.

Uma das razões disso não ter acontecido, é que seus possíveis substitutos numa eleição indireta, são ainda piores do que ele. Depois da desgraça do regime autoritário, não houve substituição, renovação, os que dominam o país são inqualificáveis e inaceitáveis do ponto de vista moral ou político.

Ha meses, o Supremo queria estabelecer, "que corruptos como Renan e outros, não poderiam ocupar a presidência, mesmo que estivessem na hierarquia da sucessão". Foram derrotados. Agora, indefensável, Temer se agarra no balaustre do poder, com a "justificativa", que a opinião publica não aceita: será substituído por Rodrigo Maia, Eunicio de Oliveira, ou um outro qualquer, escolhido por eles mesmos, assustadoramente.

Poderíamos repetir 1945: o presidente do Supremo assumiu imediatamente, comandou a eleição DIRETA, empossou o vencedor, voltou para o Supremo. Tivemos um PERÍODO de tranquilidade. Na historia do Brasil, um PERÍODO é melhor do que nada, Com Temer ou seus supostos e pretendidos substitutos. Só não pode demorar.

O CONSELHO DE ÉTICA SEM ÉTICA, A  VERGONHA DO PLANALTO CORROMPIDO

Em duas conversas com Sarney, Temer resolveu a impunidade de Aécio Neves. O presidente João Alberto acolito e apaniguado do Maranhão, não teve o menor constrangimento. Recebeu o pedido de cassação, nem leu, em 1 dia arquivou sem consultar o Conselho,ainda declarou: "Montaram ARMAÇÃO contra o Aécio".

Ninguém protestou ou recorreu. Eduardo Cunha, que sabe tudo mesmo na prisão, ficou furioso, afirmou, e não apenas para os advogados: "Resisti durante 1 ano, acabei cassado, lutei contra  o silencio de todos. O Aécio nem precisou se movimentar, ficou livre em menos de 24 horas".

Temer se reúne de manhã á noite, diariamente. Com Ministros, deputados, advogados, traçando o que eles chamam de “ESTRATÉGIA de defesa". Não tem o menor constrangimento, preside todas as reuniões, como se fosse personagem do cineasta italiano Elio Petri, autor do filme libelo, "Acima de qualquer suspeita". Com o desenrolar da narrativa, o deputado é desvendado e desmascarado, condenado e desmoralizado. 

È o próprio Temer, com a constatação que apregoa descaradamente: "Não me atingirão de maneira alguma, obteremos facilmente os 172 votos necessários para derrotar a conspiração que montaram para me afastar do MANDATO LEGITIMO". A impunidade de Aécio Neves faz parte do esquema parlamentar, para manter o PSDB APOIANDO o governo.

Aplausos para os 172 deputados, que participam da segunda conspiração. A Primeira foi para DERRUBAR um presidente eleito. A segunda para MANTER o personagem que chegou ao Planalto sem povo, sem voto, sem urna. Mas não se iludam com o silencio das ruas.

A CORTE SUPREMA PROTEGE E FAVORECE TRUMP

Depois de ser derrotado em 5 instancias da justiça, na restrição a pessoas de 6 países, proibidas de entrarem nos EUA, o presidente ficou perplexo. Perplexo, desesperado, sem saber o que fazer. Só restava um ultimo recurso: a Corte Suprema.

Todos na Casa Branca eram contra, achavam que perderiam. Sozinho, isolado, considerando que já perdera muito, recorreu. Não perdeu, não ganhou totalmente, mas as coisas correm favoravelmente. Pode fazer alguma coisa imediatamente. E a Corte só decidirá definitivamente em fim de outubro. Quase 4 meses.

PALOCCI CONDENADO

Nos últimos dias tenho escrito muito sobre o duas vezes ex-Ministro . Insisti que sua delação demorava muito, e as coisas se complicarem para ele. Ontem terminei uma nota, dizendo: "O processo de Palocci está em cima da mesa do juiz Moro". Às 3 da tarde, Palocci pegava 12 anos 2  meses. É a primeira condenação.

TEMER NA RUSSIA E NORUEGA

Falaram nas gafes dele nos dois países. No primeiro foi ignorância passada e presente. Errou o nome do país. Quando era comunista, tinha apenas 4 letras: URSS. (União das Republicas Socialistas Soviéticas). Era uma tradição da aristocracia dos 300 anos dos Romanof, e 60 Repúblicas. Complicou tudo, colocou 6 letras. E agora foi ainda mais medíocre, podia ter chamado simplesmente de Rússia ou Federação da Rússia, o nome certo.

Na Noruega também. A Primeira Ministra pediu a ele que combatesse a corrupção. E não  foi gafe e sim constrangimento, É claro que ela sabia, que Temer era  chefe da quadrilha mais corrupta e criminosa do Brasil.

 O FALASTRÃO TEMER
Tentou responder ás contradições de FHC. Mas diga-se, o ex-presidente é tão contraditório, que é impossível alinhar alguma coisa relevante. O máximo que obteve: "Ninguém conseguirá destruir a minha posição e a dos meus ministros". Alguns riram.

PS- Mais tarde, no Planalto, textual: "Gostei muito de visitar o país SOVIÉTICO".

PS2- Esse PAÍS SOVIÉTICO, citado por ele, acabou na véspera do Natal de 1991. Ha 26 anos, Temer já estava com 51. 

 PS3- A ditadura dos generais começou em 1964, ele estava com 24 anos. Acabou em 1985, ele completava 45, sua carreira não foi prejudicada, jamais quebrou o silencio para contestá-la. 

PS4- ONTEM, EXATAMENTE ÀS 8 DA NOITE, O PROCURADOR GERAL ENTREGOU AO SUPREMO A DENUNCIA CONTRA TEMER. È CONTUNDENTE, INDEFENSÁVEL, ALTAMENTE FUNDAMENTADA.

PS5- ACUSAÇÃO POR CORRUPÇÃO PASSIVA. PELO RELATÓRIO DA POLICIA FEDERAL, PODIA TER ENQUADRADO O AINDA PRESIDENTE, POR MAIS  2 OU 3 CRIMES.


PS6- A POLICIA FEDERAL FEZ TRABALHO RELEVANTE, RIGOROSAMENTE INDEPENDENTE, DE NOTÁVEL  QUALIDADE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário