Editoria: Helio Fernandes. Subeditoria: Roberto Monteiro Pinho

domingo, 9 de abril de 2017

ANÁLISE & POLÍTICA
    “Informação com Liberdade de Expressão”


ROBERTO MONTEIRO PINHO

A blindagem de Lula no banco dos réus

Está em jogo no meio jurídico nacional a tentativa de blindagem do ex-presidente Lula quanto aos processos em curso. O sinal latente está na divulgação de um manifesto da A Frente Brasil de Juristas pela Democracia. A nota destaca  “séria preocupação” com a possibilidade de Sérgio Moro, juiz federal da 13º Vara de Justiça de Curitiba, “continuar responsável pelo julgamento de processos relacionados ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva”.
A entidade citou como exemplo a ausência de imparcialidade a condução coercitiva de Lula e os grampos no escritório dos advogados do ex-presidente. Para os juristas, Moro utiliza os meios de comunicação para pedir apoio à população, “transformando o processo judicial antes em caso para a mídia”. Por esses motivos, a organização pede que Moro se declare suspeito e abandone a condução dos processos contra Lula, “bem como de outros processos nos quais o convencimento estiver prejudicado por aspectos políticos”. Publicou o site “Justificando”.
Texto da Previdência não possui maioria para ser aprovado
O presidente Michel Temer só tem hoje 234 deputados a favor da reforma da Previdência. Para ser aprovado ele precisa de 308 deputados favoráveis ao projeto.
Na pesquisa realizada por entidades sindicais: 279 deputados revelaram que 279 deputados são contra reforma como está. 33 deputados optaram por não responder e 15 se disseram indecisos.

A sondagem foi feita pela Pública Central do Servidor, o Sindilegis (Sindicato dos Servidores do Legislativo Federal e TCU) e a Confederação Nacional dos Servidores Públicos Municipais (CSPM). Desde a semana passada o presidente, pessoalmente, e os ministros palacianos (Eliseu Padilha e Antonio Imbassahy) se esforçam no contato pessoal com deputados. Os detalhes da matéria está no site G1.

Lula lidera corrida presidencial
A pesquisa CNT, indica que o ex-presidente Lula lidera as intenções de voto para o primeiro turno das eleições presidenciais de 2018 tanto na pesquisa estimulada quanto na espontânea. O petista também ganha em todos os cenários que simulam um segundo turno com ele e outro candidato – informou.

Na pesquisa para primeiro turno com respostas espontâneas, Lula tem 16,6% das intenções de voto. Na última edição da pesquisa, em outubro de 2016, ele tinha 11,4% das intenções. Na segunda colocação da pesquisa espontânea está o deputado Jair Bolsonaro. Ele subiu de 3,3% das intenções para 6,5%.

Aécio 2.2%. Alckmin 0,7%

Aécio Neves foi citado espontaneamente por 2,2% dos entrevistados. Marina Silva, por 1,8%. Também foram lembrados o atual presidente Michel Temer (1,1%), a ex-presidente Dilma Rousseff (0,9%), o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (0,7%), e Ciro Gomes (0,4%).

Redes sociais detonam fala de Dilma em Harvard

Palestrante convidada na famosa Universidade de Harvard a ex-presidente Dilma Roussef como sempre destoando e nada afeta a diplomacia, protagonizou mais uma fez seu lampejos de grosserias, ao questionar o atraso do evento. A indelicadeza de Dilma, estando ali tão somente convidada, ecoou pelo salão de forma desagradável, vaticinou um ativista social sempre presente nas mídias. O sempre presente Mídia Ninja também veiculou a fala de Dilma. A palestra aconteceu durante um seminário de estudos brasileiros, o Brazil Conference,  da Universidade de Harvard, nos EUA.

A ex-presidente falou do golpe, da parcialidade da Justiça, das perspectivas eleitorais de Lula em 2018 e da situação econômica brasileira. Não soube explicar a economia brasileira, e com isso perdeu a oportunidade de conquistar (ou reconquistar) a confiança dos americanos.

Dória vai disputar o governo paulista
O governador Geraldo Alckmin (PSDB) convidou o prefeito de São Paulo João Dória (PSDB) para se candidatar ao governo estadual. Fontes do partido revelam que a pretensão de Alckmin concorrer a presidência da República, trouxe para o próximo ano, este cenário eleitoral.
A conversa veio a baila durante uma entrevista para o jornal Estadão,  para falar dos primeiros dias à frente da Prefeitura paulistana.
Mais de um terço dos brasileiros no vermelho

De acordo com o Indicador de Crédito e de Propensão ao Consumo, calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), cerca de 32% dos consumidores fecharam o mês de março no vermelho, sem conseguir pagar todas as contas. Em contrapartida, apenas 15% ficaram no azul, com sobra de dinheiro.

O indicador ainda mostrou que desses compradores, 12% têm intenção de reservar o dinheiro extra, enquanto 4% pretendem gastá-lo.

Reduzir gastos  

O levantamento também evidenciou que 63% dos consumidores planejam cortar gastos totais neste mês de abril. Supermercado, água, luz, telefone, transportes, roupas e lazer fazem parte dos itens a serem reduzidos. Para 23% dos entrevistados, essa tomada de decisão tem como intuito economizar no mês. Já para 18% a ação foi impulsionada pelos preços elevados e para 14% por uma redução sofrida em seus respectivos ganhos.  

Prioridades

Em relação aos produtos que os consumidores estimam comprar, itens de farmácia aparece em primeiro lugar, com 29%. Em seguida ficaram: recarga de celular, com 25%, roupas calçados e acessórios, com 22%, perfumes e cosméticos, com 17% e materiais de construção, com 10%.

Advogados no ranking dos mais psicopatas

Ter um colega de trabalho psicopata pode ser mais comum do que se imagina e isso não significa que alguém será cortado com uma serra elétrica. Falta de empatia, tendência à insensibilidade, desprezo pelos sentimentos de outras pessoas, irresponsabilidade, irritabilidade e agressividade são as principais características da psicopatia, um transtorno de personalidade antissocial.

A publicação britânica The Week divulgou duas listas: uma com as profissões que mais possuem psicopatas e outra com as que possuem menos psicopatas. Veja a lista:1. CEO; 2. Advogado; 3. Apresentador de rádio e TV; 4. Vendedor; 5. Cirurgião; 6. Jornalista; 7. Policial; 8. Pastor; 9. Chefe de cozinha e 10. Funcionário public.
(Fonte: "The Wisdom of Psychopaths", Kevin Dutton, Farrar, Straus and Giroux).


Nenhum comentário:

Postar um comentário