Editoria: Helio Fernandes. Subeditoria: Roberto Monteiro Pinho

segunda-feira, 24 de abril de 2017

A FRANÇA ETERNA

HELIO FERNANDES

O país tem 13 dias, até 7 de maio, para ressurgir e rejuvenescer. Mas com esses personagens que comandam o espetáculo, não chegarão a lugar algum. Tem um presidente definitivo, Emmanuel Macron, que ganhou o primeiro turno, e ganhará facilmente o segundo, mas não tem programa, ideias ou ideais, charme, carisma ou liderança. Na verdade nem sabe o que fazer.

O resultado de ontem, que se confirmará sem qualquer duvida no dia 7, mostrou que a França não está apenas dividida, mas completamente aniquilada, sem rumo, e sem orientação. Na véspera da eleição, eu dizia que o poderoso Partido Socialista que dominara o país por tanto tempo, não teria 10 por cento dos votos. Não teve. O Partido
Republicano, também sustentáculo no passado, desapareceu.

A disputa ficou então entre Marie Le Pen, a única que tem eleitorado firme e fiel, da extrema direita, tem voto para chegar ao segundo turno, e desaparecer. (O pai, quando comandava o partido,também chegou ao segundo turno). O resto, Fillion, Hamon, todos que se diziam rivais, correram para apoiar Macron, não por ele, mas em pânico com uma possível vitoria de Le Pen. Que nunca chegou perto do vencedor.

A FRANÇA JAMAIS ELEGEU UMA MULHER

Gostariam de eleger uma, para Primeiro Ministro ou agora Presidente. Mas as mulheres não votam em Le Pen de maneira alguma. Ela faz campanha, ridiculariza Macron, que só chama de “centro direita oportunista". Fillion, que teve excelente votação, mostrou que se não fosse o escândalo em que se envolveu, poderia ter ganho, e ser o presidente para fazer ressurgir a França. Que sempre foi importante,
fazendo parte da BIPOLARIDADE, com a Alemanha ou a Inglaterra.

PALOCCI AMEAÇADOR

Existe preocupação com a delação do ex-ministro Palocci. E não apenas no PT, aí seria pelo fato de estar sendo muito divulgado que ele estaria totalmente ligado a João Vaccari, ex-tesoureiro do PT. Mas em outros partidos, e principalmente nos círculos financeiros, há um pânico generalizado.

Quando digo financeiro, é que há uma suspeita muito grande de que ele complicaria bastante a vida de poderosos banqueiros. Não esquecer que ele foi Ministro da Fazenda e responde a processos por corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Tudo isso, que tem muito a ver com bancos e banqueiros.

AÉCIO NEVES - BERNARDINHO

Ontem, domingo, às 9 da manhã, muita gente ficou surpreendida vendo Aécio Neves no Estádio Olímpico de Vôlei. Não entenderam. O motivo, era o técnico Bernardinho. Na véspera, o presidente do PSDB, soube que ele, filiado ao seu partido, se desfiliara, e entrara no partido Novo. O jogo acabou por volta de meio dia e o presidente do PSDB saiu com o seu ex-correligionário. Teve algum sucesso na conversa. Mas a direção do partido Novo foi intransigente: "Não fazemos aliança com o PSDB".
Apesar da intransigência, as conversas não terminaram.

TEMER ASSUSTADO COM MARQUETEIRO

O marqueteiro João Santana, complicou ainda mais a vida de Michel Temer. Seu depoimento, diretamente ao Ministro Herman Benjamin, foi destruidor. Lógico também para Dona Dilma. Mas ela já está cassada e o pior que lhe aconteceria seria perder os direitos políticos. O que significa isso? Que ela não poderá ou não poderia se candidatar a deputada, mas não seria presa em hipótese alguma.

Quanto ao presidente indireto, tem tudo a perder, principalmente o poder que ele "conquistou" com a conspiração parlamentar liderada pelo corrupto, e condenado Eduardo Cunha.

Michel Temer tenta convencer alguns ministros do TSE, que a campanha de vice não tem nada a ver com a de presidente. Absurdo total e insensato, pois essa tese já foi desmoralizada em outras oportunidades.

O 3 DE MAIO FORA DO CALENDÁRIO

Existe enorme preocupação com o dia 3 de maio. Não por causa do calendário, e sim, pelo badalado e anunciado depoimento de Lula, pela primeira vez, perante o juiz Sergio Moro. Falam muito tanto na situação, quanto na oposição, a propósito de uma possível prisão do ex-presidente. Por causa disso, estão ocorrendo diálogos surpreendentes. 

Cogitam até, de transferir o depoimento, deixando-o sem data marcada. É um evidente exagero, não sei se pré-fabricado. A verdade é que não há uma possibilidade em um milhão, do Lula ser preso antes de condenado. É até possível que até o fim do ano, ele possa ser condenado, mas dificilmente será preso antes de entrar com recurso.

TEMER DE TÍMIDO A ARROGANTE
 
Blandicioso, supérfluo e hesitante, Temer resolver mudar de estilo. Depois de fazer todas 
as concessões no projeto de reforma da Previdência que ele considera imprescindível 
e a verdadeira "salvação nacional", se transformou em arrogante. Sabendo que são
necessários apenas 308 votos, e que é impossível não conseguí-los, passou a usar um 
tom agressivo com os deputados. 
 
Têm chamado alguns deles e dito até com veemência: "o projeto da Previdência, tem 
que ser aprovado da forma original". É pura arrogância pois o projeto original já foi 
despedaçado por ele mesmo. Isso tem provocado irritação em muita gente. Mas é apenas 
irritação, pois são tão omissos quanto o próprio presidente indireto.
 
LAVA-JATO
 
As ameaças contra as investigações sobre a corrupção, surgem de todos os lados. 
Agora é o próprio Conselho Superior do Ministério Publico, que entra ameaçadoramente 
no circuito. E o perigo, tão grande, que o Procurador Geral, Ricardo Janot, pediu vista. 
Quer saber o motivo da reunião, que não acontece normalmente.
 
MINISTRO LUIZ FUX
 
Acabou de fazer uma declaração que merece parabéns. Basta transcrever sua frase 
comentário,  que revela coragem, caráter e competência: "Diante do vulto do PETROLÃO, 
a conclusão de que o MENSALÃO deveria ter sido julgado, por tribunal de pequenas 


Nenhum comentário:

Postar um comentário