Editoria: Helio Fernandes. Subeditoria: Roberto Monteiro Pinho

domingo, 1 de abril de 2018


ANÁLISE & POLÍTICA
ROBERTO MONTEIRO PINHO

Reforma trabalhista respira por aparelho até 23 de abril

Editada para promover ajustes à reforma trabalhista, a Medida Provisória (MP) 808 perderá a validade. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), mandou ofício dizendo que a comissão mista tem até terça-feira (03 de abril) para aprovar um relatório ou não pautará mais o assunto. A comissão, que não possui presidente, não marcou sessão na próxima semana.

Quarentena
    
As mudanças efetuadas pela MP na legislação, como uma quarentena para um trabalhador ser demitido e recontratado no regime intermitente e restrições ao trabalho de grávidas em locais insalubres, continuarão a valer até o prazo final da MP, em 23 de abril. Mas, na prática, a proposta não será votada e os ajustes cairão ao fim desse prazo. Valerá integralmente a lei sancionada pelo presidente Michel Temer em 11 de novembro.

O ofício de Maia, encaminhado dia 19, é baseado em entendimento entre os presidentes da Câmara e do Senado e os líderes partidários na época da MP dos Portos para que cada Casa tenha um prazo mínimo para analisar as MPs após a aprovação na comissão mista, composta por deputados e senadores.

Emendas chegam a 967

A MP recebeu 967 propostas de emendas, um recorde, e está envolta em disputas. Entidades empresariais trabalharam pelo arquivamento. Maia acertou com o governo indicar o relator da reforma trabalhista na Câmara, deputado Rogério Marinho (PSDB-RN), como relator da proposta para evitar mudanças substanciais na reforma. O presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), contudo, queria um senador na função, que define a versão final do texto a ser votado, e travou a comissão por quase três meses.

Tarifa verde...

A bandeira tarifária da energia elétrica continuará verde em abril, segundo informações divulgadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta quinta-feira (29). Isso significa que não haverá cobrança extra na conta de luz, o que já vem acontecendo desde janeiro.

Durante os meses de fevereiro e março, a Aneel decidiu manter a tarifa da conta de luz nesse patamar. A manutenção da bandeira verde em abril significa que a situação nos reservatórios das hidrelétricas continua a melhorar devido à volta das chuvas.
Nos últimos meses de 2017, por causa do baixo nível dos reservatórios das hidrelétricas, houve cobrança extra nas contas de luz via bandeira tarifária. Isso ocorre para arrecadar recursos necessários para cobrir custos extras com a produção de energia mais cara, gerada por termelétricas.

Já nos meses de outubro e novembro do ano passado, vigorou a bandeira vermelha no patamar 2, a mais alta prevista pela agência. Em outubro, o acréscimo foi de R$ 3,50 a cada 100 quilowatt/hora (kWh) consumidos no mês. Em novembro, como a  Aneel antecipou a revisão dos valores que seriam aplicados a partir de janeiro de 2018, o valor adicional passou para R$ 5 a cada 100 kWh.

Em dezembro, devido ao início do período chuvoso, a agência reguladora determinou a cobrança da bandeira vermelha, mas no patamar 1, com cobrança extra de R$ 3 a cada 100 kWh. Na bandeira amarela, o aumento na tarifa é de R$ 2 a cada 100 kWh.

O salário das mulheres no futebol...

Uma jogadora de destaque ganha no ano bem menos do que um craque do futebol mundial fatura em um mês.
De acordo com o site TSM Sports, a jogadora mais bem paga do futebol atualmente é Alex Morgan, do Lyon, da França. A norte-americana ganha US$ 650 mil (RS 2,12 milhões) por ano e mais premiações. Entre os homens, o brasileiro Neymar assumiu o topo da lista com a transferência para o futebol francês. Ele fatura R$ 137 milhões por ano. Em uma conta básica, dá para concluir que o atacante do PSG ganha mensalmente cinco vezes mais do que a atleta norte-americana embolsa por ano.
Marta a brasileira no topo dos salários
Atualmente no Orlando Pride, a brasileira Marta é a segunda jogadora mais bem paga do mundo na atualidade. Ainda segundo o TSM, ela ganha US$ 600 mil (R$ 1,9 milhão) por ano. É relativamente pouco para quem já foi eleita por cinco vezes a melhor do mundo. O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi, que também já foram escolhidos como os melhores jogadores do mundo por cinco vezes, ganham atualmente R$ 77 milhões e R$ 91,8 milhões por ano.
Participação é ínfima
A discrepância é ainda mais assustadora quando se analisa o atual cenário do futebol feminino no Brasil. Levantamento feito pela ESPN em 2017 mostra que apenas dois clubes pagam salários com carteira assinadas no país e são considerados profissionais pela CBF: o Santos e o América-MG. Ainda assim o teto salarial não ultrapassava, na época, R$ 5 mil.
Lava-Jato: La dolce vita...
Publicada na coluna Lu Lacerda, a mulher do deputado Eduardo Cunha (MDB) foi alvo de fofoca.  (...) A passagem de Claudia Cruz (em sua primeira aparição social, que se tem notícia, desde a prisão do marido, o deputado Eduardo Cunha, em outubro de 2016), pelo Theatro Municipal, nesse sábado (31/03), foi tranquila. Exceto uma ou outra conversa de pé de ouvido, nada aconteceu. Uma convidada, vigilante do alheio (nesse caso, nem tão alheio assim), brincou quando Claudia passou ao seu lado: “Está cheirando a dinheiro!”. A jornalista, ex-enroscada na Operação Lava-Jato, sempre foi de vida social intensa, mas andou sumida – por razões óbvias. Estava ali, impecável, ao lado da filha Gabriela: bem-vestida, sorriso pronto, ombros bem colocados e olhar atento, como sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário