Titular: Helio Fernandes

quinta-feira, 12 de março de 2020

O GOVERNADOR DE BRASILIA, (Distrito federal) CONDENOU FRONTAL E NOMINALMENTE BOLSONARO

HELIO FERNANDES

Foi no fórum dos governadores, o ministro Guedes perplexo e silencioso. A TV fixou Guedes longamente. Microfone na mão, a boca aberta, nem uma palavra.

Quando conseguiu, veio com um dos seus disparates, que só os banqueiros aguentam:" Eu trabalho com o presidente não posso chamá-lo de IRRESPONSÁVEL". O governador, IMPIEDOSO, levantou a voz, respondeu: "Não é o senhor que está falando, sou eu, que represento os governadores".

Fez uma pausa, continuou: "O senhor pode ir embora quando quiser, eu REPRESENTO os governadores, REVOLTADOS com o desafio do presidente IRRESPONSÁVEL ( pela segunda vez usou a palavra) que EXIGE que os governadores deixem de cobrar sua maior receita, o ICMS.

Os governadores fixaram sua posição, deixando o presidente com soluções AUTORITÁRIAS e não DEMOCRÁTICAS.

PS-E quer que ser reeleito, 34 meses antes da data de 2022 .

PS- Os governadores fixaram sua posição, replicaram, deixando-o com seu poder, que ele insiste em exercer AUTORITARIAMENTE e não DEMOCRATICAMENTTE.

PS2- E ainda pretende ser

TRAVA-SE VERDADEIRA GUERRA PELO CONTROLE DO CONGRESSO

Faltam 10 meses para acabar o mandato dos atuais presidentes da câmara e do senado. E como não ha REELEIÇÃO, é natural que surjam muitos candidatos. E que os atuais presidentes queiram FAZER seus sucessores. Principalmente Rodrigo Maia , que domina e comanda a câmara. Além do mais é um fenômeno politico e eleitoral. Exerceu 4 mandatos, (16 anos), ignorado e desconhecido. Não saía da terra de NINGUÉM, ficava no TERRITÓRIO do baixo clero. Se referiam a ele, " como o filho do prefeito Cesar Maia".

No quinto mandato e no sexto, ( o atual) REVELAÇÃO e SENSAÇÃO. Foi eleito presidente da Câmara, com 334 votos, nunca visto. Como não havia vice, foi presidente da Republica, ( interino ) varias vezes. A pauta era sempre dele , ganhou tudo. Brigou com Bolsonaro, com Guedes, não fez concessão.

Colocou a chamada "pá de cal", no caixão do ministro da Educação.
PS- Nada surpreendente que estejam cuidando da presidência da câmara e do senado. Faltam só 10 meses.

PS2- INACREDITÁVEL, INDEFENSÁVEL, IRRESPONSÁVEL, que com 34 meses de ANTECEDÊNCIA, estejam cuidando da sucessão presidencial de 2022.

PS3- E Bolsonaro, que garantiu na campanha:" NÃO DISPUTAREI A REELEIÇÃO E SE PUDER ACABO COM ELA".

PS4- Trabalha intensamente pela PRIMEIRA reeleição

BOLSONARO MODIFICA O CONSELHO DA AMAZÔNIA, INCONSTITUCIONALMENTE

E sem nenhuma explicação mas com objetivos POLÍTICOS e ELEITORAIS, visivelmente .E por decreto mudou tudo que era estabelecido pela Constituição. Ligado ao ministério do Meio Ambiente, DISCRICIONARIAMENTE é transferido para a vice presidência, REFORÇANDO os poderes do general Mourão, vice presidente eleito.

Logo depois dos primeiros 6 meses da posse, Bolsonaro-Mourão viviam ás "CANELADAS ", palavra POPULARIZADA pelos dois.

Agora o general Mourão ocupa MOMENTANEAMENTE o lugar principal no esquema politico. Moro, depois de elogiadíssimo, foi afastado, mas a conclusão depende dele mesmo. Pressionado, intimado e Intimidado, Moro tem que ir OBRIGATORIAMENTE para o STF na vaga de novembro.
Se como parece mantem as esperanças de uma vaga no Executivo, toda o esquema Bolsonaro, se REFORÇA e se CONSOLIDA com a chapa de 2018, BOLSO-Mourão. Pelo menos até abrir a vaga do STF, dominando a ordem do dia, o segundo homem da Republica, é o general Mourão, não por ser vice, mas por ser INDISPENSÁVEL no esquema de 2022.

PS- Pela Constituição, o Conselho da Amazônia tinha 9 governadores. Foram todos AFASTADOS, substituídos por 14 ministros. Alguns nem sabem onde fica a Amazônia. E alguns deles na lista de DEMISSÍVEIS, depois do carnaval.

PS- Bolsonaro mergulha cada vez mais no AUTORITARISMO. Distante do regime DEMOCRÁTICO.

PS2- Haja o que houver, Bolsonaro Teerã 34 meses de inquietação, incerteza. intranquilidade.

A MORTE DO EX-CAPITÃO DO BOPE, EXPULSO DO EXÉRCITO DEPOIS DE MUITO TEMPO, NÃO TEM MISTÉRIO

Atirador de ESCOL, (como se diz no Exercito, os civis chamam de atirador de elite) era respeitadíssimo, ganhou até a medalha de Tiradentes. (A mais importante do estado, a da capital é Pedro Ernesto, que Helinho meu filho vereador, morreu muito moço, entregou ao já presidente Tancredo Neves. Constatem a diferença entre quem DOAVA e RECEBIA a Tiradentes, e quem DOAVA e RECEBIA a Pedro Ernesto).

A morte do ex capitão demorou mais tempo do que esperavam seus autores e beneficiários. O ex capitão, sabia muito bem que sua vida não valia muito. Sempre foi membro destacado do grupo de EXECUÇÃO do BOPE, formado exclusivamente por atiradores destacados.

A maior COBERTURA desse grupo, aconteceu na missa de Sétimo Dia, pelo ASSASSINATO COVARDE e CRUEL do jornalista Wladimir Herzog. Os generais torturadores não admitiam a missa. A família garantida pela grande figura do Cardeal Dom Paulo Evaristo Arns (notável figura e grande amigo do repórter), exigiu a missa. Só foi autorizada se fosse numa igreja bem distante. Dom Evaristo fechou a questão: "Tem que ser na minha igreja e eu vou rezar essa missa." Os generais não puderam fazer outra coisa a não ser, concordar.

Eu estava lá, no meio de uma multidão inacreditável. Os generais cercaram todos os prédios vizinhos da igreja e nos pontos mais altos, colocaram "atiradores de escol" como se estivessem participando ou se prevenindo para uma guerra.

Felizmente Dom Paulo Evaristo Arns rezou a missa do princípio ao fim, sem que os atiradores de escol pudessem concluir seus objetivos criminosos.

JOGATINA DE OURO 80 POR CENTO DAS BOLSAS, ABRIRAM E FECHARAM EM SOLIDA ALTA, SEGUNDA, TERÇA E QUARTA

Idem, idem para a Bovespa, ontem, alta de 1,13%, fechamento em 116,670 pontos.
Dólar em 4,35, sexta subida seguida, mais 0,54%







Um comentário:

  1. Quem será a próxima vítima de queima de arquivo?

    Adriano...

    Bebbiano...

    Adélio?

    ResponderExcluir