Editoria: Helio Fernandes. Subeditoria: Roberto Monteiro Pinho

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Hoje terça, haverá ética na Comissão?

24.11.15
HELIO FERNANDES

Na ultima não houve, a falta de vergonha e de constrangimento, disseminada por Eduardo Cunha, levou ao cancelamento da sessão, de acordo com o planejado pelo acusado. O plenário salvou o espetáculo com o protesto geral e as acusações contra Eduardo Cunha,de corpo presente,frente a frente com ele, que insistia,não tenho nada com isso".

Mas o apogeu, o auge, o grande momento que deu até para acreditar numa recuperação dessa desmoralizada Câmara. Teve como extraordinário personagem, a deputada Mara Gabrili, de São Paulo. Depois de dizer olhando para o próprio Cunha,  afirmou serena e lúcida: "O senhor deveria levantar dessa cadeira , não tem mais autoridade para ocupa-la".

Como ele ficou impassível e sem o menor constrangimento, ela terminou bravamente, convidando os deputados para deixarem o plenário, foi seguida por mais de 100. Foi um momento épico. Mas acabou no dia seguinte, com a mobilização  sórdida de Cunha, que ordenou aos 3 deputados da Comissão,que não votassem contra o presidente da Câmara, concordância inacreditável .de Dona Dilma .

No momento em que escrevo, quase 9 da noite, impossível prever o que acontecerá. Com otimismo,pode ser dito, o processo será aceito, estará aberta a denuncia contra o presidente. Mas como o objetivo dele é não ser julgado este ano, e como falta um mês para o recesso, é praticamente certo que as coisas só voltem a se movimentar a partir de março, é muito, ninguém suporta nem tem paciência. 

A solução louvável e viável deveria vir da parte do Procurador Geral da Republica, pedindo ao Supremo que afaste Eduardo Cunha. O Supremo concederá na hora, basta ver a fala do Ministro Marco Aurélio, sugerindo que "saia espontaneamente". 

Por que o Procurador Geral mudou a velocidade?

Petrobras.

PS - Exatamente no dia 22 de Novembro de 2014, decorrido 1 ano as ações da empresa chegaram ao nível mais baixo. Foram negociadas a 7,22 com as preferenciais pela primeira vez valendo menos do que as nominativas.

PS1- As preferenciais tinham a vantagem dos dividendos, como não paga mais nada, perderam a vantagem.

PS2 - Neste ano as ações, alem de roubadas de todas as maneiras, com prejuízos colossais, dividas quase maiores do que o seu patrimônio, foram utilizadas pelos especuladores que dominam o mercado. Compram e vendem, deliberadamente, o órgão que devia fiscalizar, não faz coisa alguma, nenhuma providencia. 

PS3 - Neste ano, as ações chegaram varias vezes a 9,76 (o maior valor), nos dias seguintes retrocediam. O melhor exemplo da especulação: ontem essas ações passaram mais uma vez de 9, fecharam a 10. Prestem atenção. 
..............................................................................................................
Nossos leitores podem fazer comentários e se comunicar com os colunistas, 
através do: e-mail: blogheliofernandes@gmail.com




Nenhum comentário:

Postar um comentário