Editoria: Helio Fernandes. Subeditoria: Roberto Monteiro Pinho

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

PETROLEO, AGUA, DIVIDAS, CORRUPÇÃO, INFLAÇÃO ELEVADA, JUROS ALTISIMOS, DESADMINISTRAÇÃO, CORRUPÇÃO CADA VEZ MAIS ASSOMBROSA, CORRUPTOS E CORRUPTORES, CONFUNDINDO EMPRESAS E EMPRESARIOS.

HELIO FERNANDES
30.01.15

Nunca tantos deveram tanto a tão pouco. (Churchill). Podemos adaptar a frase, fica mais verdadeira e consciente: “Nunca tão poucos roubaram tanto, apenas de uma empresa”. Alguns dos problemas que citei no título se transformam em manchetes diárias, se eternizam, arruínam o país, destroem a confiança e a autoestima de um povo.

E não há no horizonte nada satisfatório. Pelo contrario, vemos cada vez mais vitoriosos, a incompetência, a imprudência, a inconsequência. E mais grave e assustador: Dona Dilma que herdou sua própria desadministração, está disposta a ultrapassar FHC no seu proclamado e jamais desmentido retrocesso de 80 anos em 8.

Comecemos pelo petróleo, afinal o mundo há mais de 100 anos, de uma forma ou de outra, está subordinado a ele. Á sua existência ou omissão. Só que agora, com a derrubada dos preços, os dois polos não se entendem, perdem igualmente. É lógico que os vendedores, produtores, exportadores acumulam prejuízos e não sabem como recupera-los.

O Brasil que viveu dezenas de anos entre a luta heroica de Monteiro Lobato que era preso e asilado por “acreditar que havia petróleo no Brasil”. E os engenheiros americanos que “viviam aqui”, e repetiam, “não há petróleo no Brasil”.

Monteiro Lobato foi deportado e teve que viver no exterior, a coragem ou audácia de desenhar o Brasil e sua a fronteiras e explicar: “Deus quando criou o mundo, determinou, todos esses países terão petróleo, menos o Brasil”. Dezenas de anos o Brasil passou a descobrir petróleo todo dia e em todos os lugares.

Até que finalmente chegamos á realidade fulminante e revolucionária do PRÉ-SAL. Só que essa riqueza inimaginável está a uma profundidade tão grande, que o custo de trazê-lo á superfície, trabalha-lo e exporta-lo, era calculado entre 60 ou 65 dólares por barril.

Mas como esse barril era facilmente vendido a 100 dólares, sem dificuldades, compensava e não assustava. Mas o mercado é cruel. De uma hora para outra, o preço caiu para a metade, ontem fechou a 45 dólares. Não há explicação nem esperança de recuperação, pelo menos em 2 anos, é a estimativa geral, Mas pode demorar mais.

Rússia e Venezuela, encharcados de petróleo, mas nem imaginando uma diversificação, praticamente arruinados, ficam se lamentando. O Brasil, que descobrira a “pedra filosofal” liquida, perdeu as esperanças.

Mas como ainda não exporta nada, fica impossibilitado de fazê-lo. Com custo, vá lá, de 60 dólares e venda garantida por 100, apontava para um futuro radioso. Agora, indo buscar na profundidade a 60 e vendendo a 45 ou 50 por barril, aponta para uma realidade tenebrosa, O que fazer?

Petrobras: a eternidade da corrupção.

Se não bastasse a crueldade do preço, apenas no Brasil, surgiu a selvageria da desadministração da nossa maior empresa, assaltada por corruptos e corruptores. Que mesmo indiciado, defendem teses ardilosas e criminosas. 1 – A empresa (Petrobras) é a culpada e a responsável por tudo. Como é que empresários-empreiteiros poderiam fraudar a empresa, se não fosse a fragilidade e a irresponsabilidade dela?”.

2 – Esses mesmos empresários-empreiteiros-corruptos-corruptores, lançam com grande cobertura: “Se as empreiteiras não puderem mais trabalhar para as estatais, o Brasil irá a falência”.

3 – Conseguiram comover até o Advogado Geral da União, que sem constrangimento, foi ao Paraná, e fez a proposta ao Ministério Público e á Policia Federal: “Esses empresários que arruinaram a empresa, devem pagar multas altas, mas não podem ser impedidos de produzirem para o país”. Foi repelido, voltou novamente, não foi recebido.

4 – A Petrobras em reunião do Conselho, por unanimidade, confeccionou uma lista com 23 empreiteiras, determinou: “Nenhuma delas pode trabalhar mais para a empresa”. Pânico total. Mas com gente graduada, esses corruptos-corruptores lançaram campanha: “Por que acreditar nesses que foram beneficiados pela delação? Os grandes criminosos e ladrões são eles”.

Placar eleitoral

Depois de conversas incessantes, a conclusão: hoje Eduardo Cunha estaria eleito presidente da Câmara. Mas como faltam 72 horas para domingo e a eleição, tudo pode mudar. Além do mais, como os votos foram “obtidos" de forma ominosa ou criminosa, podem mudar.

É a esperança que vale também para Renan, presidente do Senado: segunda feira, 24 horas depois da eleição da presidência da Câmara e do Senado o relatório do lava-jato será revelado e publicado. Nada surpreendente que os dois sejam vetados, mesmo com os votos necessários.

PS- Exibicionista, Trabuco, Executivo do Bradesco, não larga os holofotes. Não quis ser Ministro da Fazenda, perigoso não abre mão de ser o conselheiro da Republica. Ontem: "Neste 2015, haverá contenção do crédito". Com juros de 43% até 280, não está descobrindo a pólvora.

PS2- O tênis está cada vez mais inconsistente, incoerente, inconsequente. Federer jogou 10 vezes com o italiano Seppi, ganhou todas. Agora perdeu 3/0, sendo que dois sets no tiebreak. Não pode perder para ele.

PS3- Nadal, depois de 7 meses parado, perdeu para Berdwich sendo um set por 6/0. Berdwich enfrentou Murray ganhou o primeiro set no tiebreak, perdeu o segundo por 6/0. Esses que estão na frente, vão parar dentro de quatro anos, ninguém tem potencial para substituí-los.

.........................................................................................................................
Nossos leitores podem fazer comentários e se comunicar com os colunistas, através do e-mail: blogheliofernandes@gmail.com
As respostas serão publicadas aqui no rodapé das matérias. (NR).

Estimado Helio,

Estimo saber que está firme e forte na ativa, brindando seus leitores com informações de primeira. Tópicos bem focados, texto límpido e impiedoso, com os “algozes” da pátria.
Um forte abraço
Raimundo do Nascimento – Salvador – BA
...
Fernando Câmara.

Andava sumido, ou apenas isolado em Brasília. Gostei do seu texto, parabéns.
Dorival Klepper Belo Horizonte – MG
...
Helio,

Me de as dicas sobre os possíveis candidatos a prefeitura do Rio de Janeiro em 2016. Teremos algumas surpresas? O candidato do atual prefeito Eduardo Paes, teria chances?Quem você apoiaria???

Vera Lúcia Damião -  Rio de Janeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário