Editoria: Helio Fernandes. Subeditoria: Roberto Monteiro Pinho

domingo, 18 de janeiro de 2015

O PT EXPULSA DONA MARTA OU ACABA. O TERRORISMO ASSUSTA O MUNDO. CERVERÓ TEM QUE FALAR SOBRE PASADENA, DONA GRAÇA A  RESPEITO DO CUSTO COLOSSAL DE ABREU E LIMA.

HELIO FERNANDES
19.0.15

Os assassinos dos cartunistas alem da atrocidade, levantaram o problema da opinião de qualquer um e de todos, e se a liberdade não é tão importante como muitos acreditam. E como consequência, descobrimos e não apenas na Europa, que a distancia não protege ninguém.

Depois do assassinato dos cartunistas, a França, Grã-Bretanha e Alemanha, de uma forma ou de outra sofrem diariamente. Prendem supostos ou autênticos terroristas, mas isso só faz aumentar o medo de todos, distante ou perto. Temos ou teremos que conviver com o susto, o medo, a realidade que veio para ficar.

Quanto á Liberdade de Imprensa, de Expressão, de ir e vir, sem qualquer limite, (a não ser a responsabilidade) não podem ser atingidas ou eliminadas de modo algum. Acabar com isso, seria uma vitória do terrorismo. Nem o Papa percebeu isso, ainda está em tempo de perceber, retificar o que disse.

A decepção e a frustração de Dona Marta

Começou em 2008 e 2009, teve seu final angustiante e inacreditável em 2010. Ela esperava que seu amigo Lula depois de não ter conseguido o terceiro mandato, indicasse seu nome como presidencial e sucessora.

Quando Dona Dilma foi escolhida, desabou. E mostrou toda a revolta com choro e palavras duras contra a escolhida. Primeiro o desabafo sozinha, depois sem esconder nada, Chamou  Dilma de “medriocrissima, sem credenciais, como é que Lula foi tomar uma decisão como essa?”.

Dona Marta esqueceu que foi derrotada por ela mesma. Eleita prefeita de SP em 1998, tentou a reeleição no cargo e com apoio de Maluf em 2002. Perdeu. Candidata novamente, nova derrota contundente. Se tivesse ganho, ficaria naturalmente na lista presidencial. Desespero total e absoluto.

Preterida nos bastidores, em 2010 Dona Dilma ganhava a presidência, ela se candidatava ao senado, sem muita chance de vencer. Mas como a sorte está sempre ao seu lado. Não podia ganhar de Aloizio Nunes Ferreira, e dos favoritos á reeleição, Orestes Quércia e Romeu Tuma. Aconteceu fato inédito: Quércia e Tuma morreram, Aloizio ganhou mesmo.

A outra vaga ficou entre Dona Marta e Netinho de Paula, ela ganhou por um “pouquinho” de votos, e a carreira podia ter terminado antes, terminará agora. Tenta entrar num partido, preferia o PMDB. Seu amigo Lula “manobrou”, colocou desde já o candidato do PMDB, como Secretário de Haddad e como sucessor dele em 2020.

“O PT muda ou acaba”.

Como Dona Marta joga com  especulação da Prefeitura de São Paulo como trampolim presidencial para 2018, há muito o que dizer. Principalmente o que contem a frase dela.

O comando da PM não investiga homicídio doloso.

Foi um assombro geral quando televisões e a internet revelaram o vídeo em que dois policiais atiram contra um carro em fuga, matando uma mulher. “Não atirar num carro em fuga”, é item básico do manual. O comando da Policia Militar “está investigando o caso”, segundo informações da própria Policia Militar.

Mas se passaram seis meses, nenhuma providencia ou informação da cúpula da Policia Militar. Foi necessário que o Ministério Público investigasse, indiciasse os criminosos, pedisse a prisão deles. Que o juiz autorizou. Estão presos, o Alto comando da PM, “estuda o caso”.

Ser ou não serveró. (É assim mesmo).

Depois de depor varias vezes no Congresso, (na falida CPI mista da Petrobras), não aconteceu nada. Acusadisssimo não teve nem o passaporte cassado, foi preso na volta da segunda viagem. Uma aos EUA, a de agora, da Inglaterra. Está sendo interrogado, mas o roteiro das perguntas parece completamente inadequado.

Estão interrogando Cerveró apenas a respeito da movimentação dos seus bens, e a compra de 9 apartamentos na zona mais cara do Rio, Ipanema. Justificou: "Comprei com o meu salário de diretor Internacional da Petrobras". Segundo ele, "mais de 100 mil reais por mês".

O depoimento mais importante dele deveria ser a respeito da compra da Refinaria de Pasadena, foi a grande personagem de tudo. Junto com Dona Dilma, o empresário Gerdau e outros. Os bens investigados agora, consequência do escândalo de Pasadena. Devia começar por lá, chegariam aonde querem chegar, e sem atalhos desnecessários.

A "imexível" Dona Graça.

A palavra foi inventada por um ex-ministro, é rigorosamente empregada para definir a permanência da presidente da empresa. Cerveró deixou a direção da Internacional, Dona Graça acumula com a presidência. Tem que saber de tudo, mesmo que não tenha de modo algum, aumentado suas contas bancárias.

Dona Graça só tem duas expectativas para continuar presidindo a empresa. 1- É amicíssima de Dona Dilma a presidentA. 2- Nunca soube de nada, como Lula e a própria Dilma, como poderia saber de tudo numa empresa tão grande? E como todos na Petrobras eram "amicíssimos" e com excelente relacionamento, (afirmação pública de Dona Graça) fazer denúncias seria uma espécie de traição. Até com a camarada Dilma. Melhor o silêncio, mesmo conspurcado.

PS- O governador Alckmin visivelmente tem medo da palavra racionamento. Está no poder desde 1994, com o governador Covas doente, assumiu de verdade em 2001 quando Covas morreu.

PS2- Só deixou o cargo em 2006 para se candidatar a presidente, voltou, se reelegeu no primeiro turno com 67% dos votos.

PS3- Não fez nada, "só chorou", mas o povo de São Paulo continua sem água. O Rio de Janeiro, antes da mudança da capital, sofria um racionamento terrível. A água era liberada de meio dia a meio dia e trinta, á tarde de seis ás seis e trinta.

PS4- Enchiam o que podiam, tanques, baldes, não havia jeito. Lacerda se elegeu governador da Guanabara em 5 de dezembro de 1960, sua primeira e principal preocupação: A ÁGUA. Helio Beltrão, (secretario do governo) foi 5 vezes aos EUA, negociar financiamento para a Adutora do Guandu. Conseguiu com juros anuais de 1 15/8, os americanos adoram isso.

PS 5- Começaram logo as obras, Lacerda fiscalizava pessoalmente. Toda semana íamos lá, descíamos por uma caçamba, eu o governador e o grande engenheiro Veiga Brito, responsável pela obra. Descíamos e os explosivos fazendo seu trabalho.

PS 6- Quatro anos depois a obra estava inaugurada, nunca mais faltou água. E os juros, pequenos, foram logo pagos.

PS7- Só para comparar: praticamente na mesma época com os generais torturadores no Poder, começaram fazer a ponte Rio-Niterói, prevista ha dezenas de anos. Obtiveram financiamento com banqueiros ingleses, 14% de juros anual, uma roubalheira.

PS8- Em vez de "chorar" Alckmin devia trabalhar. E construir um sistema que substituísse o atual.

PS9- Dois engenheiros me dizem: "A tecnologia avançou tanto, que é possível monitorar ou controlar as chuvas. Em vez de inundarem o centro de SP, desvia-las para cima de reservatórios da Cantareira". Alckmin não faz nada.
.......................................................................................................................................
Nossos leitores podem fazer comentários e se comunicar com o colunista, através do e-mail:
blogheliofernandes@gmail.com
As respostas serão publicadas aqui no rodapé das matérias. (NR)

Helio,

É gratificante ler seus textos. Quero parabeniza-lo, por sua perseverança, por nos brindar com as informações de primeira.
Abraços do seu leitor
Amauri Luna e Silva – Curitiba – PR

Ao Blog.
Helio, fale sobre a dívida externa brasileira

O Banco Central informou no dia 24 de outubro do ano passado, que a estimativa para a dívida externa brasileira em setembro de 2014 era de US$ 338,631 bilhões. No fim de 2013, estava em US$ 308,625 bilhões. Mas já ouvi dizer que a nossa dívida é superior a 1 trilhão de dólares. É isso?
Willian Nascimento

Petrópolis - RJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário