Editoria: Helio Fernandes. Subeditoria: Roberto Monteiro Pinho

segunda-feira, 7 de março de 2016

Ministro Marco Aurélio, ao vivo e na TV, desvenda e traduz a delação do senador Delcídio

HELIO FERNANDES

Ontem coloquei aqui, três fatos importantíssimos para a continuação dos acontecimentos que estão em desenvolvimento. Um deles, naturalmente, a entrevista do senador á "IstoÈ", tida e havida como acusação a Dilma e Lula. A Band News entrevistou acertadamente o Ministro, conhecido e reconhecido como homem que não recusa pergunta, apresenta sempre as respostas. 

Estavam presentes três jornalistas responsáveis, interessados apenas em informar ou esclarecer fatos controversos: Fernando Mitre (diretor), Monica Bergamo e Boris Casoy. (Este, ha mais ou menos 20 anos, fez entrevista ao vivo com o repórter, contrariando todas as recusas, censuras e expectativas. Ninguém acreditava, Casoy me entrevistou por mais de duas horas).

Para facilitar a leitura, vou numerar as respostas, que terão que ser juntadas ao episodio que abala e transtorna Brasília. 1 - "Não houve vazamento, ele fez a delação, podia publicar ou não". 2  - "A publicação não prejudica em nada o julgamento, o conteúdo é que será examinado".3 -  "A delação (ou entrevista) está cheia de fatos que terão que ser examinados, são relevantes".  Continuaram conversando, o resumo mostra a importância da presença de personagens como Marco Aurélio na TV e ao vivo.

Amanhã, quarta, o Supremo decide se aceita a"delação". Como não ha motivo para recusá-la , votará  a favor. Para desespero de Lula e Dilma.

Os números econômicos e financeiros enfraquecem a presidente, fortalecem os que pretendem derrubá-la

Todos os dados de 2015, acabaram  de  serem revelados pelo insuspeito IBGE. Muito mais graves do que se esperava ou apregoava. O"otimismo" vazio do governo, substituido pela realidade aviltante, deprimente, ultrajante, lancinante, revoltante. E sem  solução á vista ou a prazo.

Pela comparação do que aconteceu em 2015 e se agrava mais neste 2016. Apesar da promessa oficial, "2016 será muito melhor do que 2015", e que desmenti logo em dezembro passado. Neste quase inicio do ano, a impressão é de que tudo já acabou. Vejamos ponto por ponto, o primeiro é 2015, a seguir 2016, rigorosamente verdadeiro.

PIB -Foi de menos 3,7 ,calculavam redução. Já está em menos 4, e as estimativas chegam perto de menos 5.

Inflação- Fechou em menos 11, Tombini falava em 4,6, o Ministro Barbosa garantia o "centro da meta", 6,5. Já está em 7,8 e não dá sinais a favor e sim mais crescimento.

Desemprego- Era de 9,1 milhões ultrapassou os dois dígitos, está em quase 12, ninguém se surpreende que chegue a 13 milhões. Como digo sempre: "O único bem ou patrimônio do cidadão é o seu trabalho".Que é roubado diariamente.

Juros- Já foram de 7,7 no terceiro ano de governo (?), está em 14,25, criminoso. Praticamente dobraram, a inflação não dá sinas de ceder ou perceber. A dois meses os juros não sobem nem descem, sinais visíveis de duvida ou incerteza.

Investimento- Zero ao quadrado, por que seria diferente? Crença ou esperança: nenhuma, a popularidade de Dona Dilma, inexistente. No  dia em que saiu a "delação" do senador Delcídio, e parecia o fim de tudo, a Bovespa subiu 5 por cento, as ações da Petrobras,  fecharam em alta de 16 por cento, as da Vale quase isso. Em queda só a sustentação de Dona Dilma. Embora, ontem, terça  insistisse em tentar "colar" sua imagem com a de Lula, visivelmente (como expliquei detalhadamente, ontem)em alta pelo menos momentânea.  

Nos  mais diversos estados ou cidades,"manifestações "  a favor do ex-presidente. 10 ou 20 pessoas, em nenhum lugar mais do que isso. Mas antes da "coercitiva" e dos discursos popularescos, silencio total em volta dele. Agora, abre a boca e aparece logo uma televisão para registrar sua presença, mesmo que seja em segundos.  Dona Dilma tenta se  colar não quer se calar.

 O ministro que foi sem nunca ter sido

Displicente, desatenta, desinteressada, nomeou um Ministro da Justiça que não podia ocupar o cargo. Copiou ou plagiou Dias Gomes, que em 1975 escreveu uma novela com um personagem (a viúva Porcina ), que ficou viúva nas mesmas condições do atual Ministro. A novela foi proibida pela censura 48 antes da estréia. Colocaram outra novela, Dias Gomes exibiu a censurada, 11 anos depois, com grande sucesso.

O Ministro será proibido amanhã, quarta pelo Supremo. Para confirmar a posse e ser de fato Ministro, Lima e Silva tem que abandonar a carreira, não vale nem aposentadoria. Não teve o mesmo sucesso de Dias Gomes. E a presidentA junta mais um fracasso á coleção. Os ministros são nomeados, mas logo destituídos, e não por ela. E ainda acredita que pode chegar   a 2018. Perdão, 2019, 2018 é "apenas" a eleição.

EUA, prévias em Porto Rico

Não é estado americano. Em 1898 a Espanha invadiu Porto Rico e Cuba. Pela primeira vez saíram em defesa dos dois países, foram vitoriosos. Conquistaram o direito de incorporar Porto Rico, nunca o fizeram, embora o orçamento seja coberto pelos EUA.

Mais curiosidade ou fatos estranhos: Porto Rico tem apenas 23 delegados, mas seus habitantes não votam na eleição de verdade, escolhidos os candidatos Democratas e Republicanos.

Temer quebra o silencio

Nos três episódios que ameaçam incendiar o país, o vice não apareceu, não deu uma palavra ou um simples telefonema para a presidente. Mas conversou muito na sua área maravilhosamente residencial do Jaburu. Só que recebeu gente de fora do PMDB.

Aconselhado, marcou discurso, com o tema de sempre: "O Brasil precisa de um líder para a reunificação". Ele, sempre ele. O PMDB se reúne no sábado para a glorificação do próprio vice.

Lugar de destaque para Eduardo Cunha e suas "credenciais". 1--Réu por unanimidade do Supremo, "corrupção e lavagem de dinheiro". 2-Denunciado pelo Procurador Geral por ter recebido 5 milhões de dólares da Lava Jato. 3- Admitida a perda do cargo e cassação do mandato, enquadrado pela Comissão de Ética. Ele garante, "antes do fim do ano, nada disso me atinge". Pode ser verdade.


Aconselhou Temer que ouve sempre suas sugestões: "Está na hora do PMDB abandonar o governo Dilma,  irrevogavelmente". Dilma, como sempre, assustada e sem projeto ou estratégia.
..............................................................................................................
Nossos leitores podem fazer comentários e se comunicar com os colunistas, 
através do: e-mail: blogheliofernandes@gmail.com

ESTA MATÉRIA PODE SER REPUBLICADA DESDE QUE CITADO O NOME DO AUTOR

Nenhum comentário:

Postar um comentário