Editoria: Helio Fernandes. Subeditoria: Roberto Monteiro Pinho

quarta-feira, 2 de março de 2016

Dilma não acerta uma, desacerta todas. Tenta imitar FHC, facilita o domínio de empresas do Brasil

HELIO FERNANDES

Depois de destruir a própria imagem e mergulhar no precipício da impopularidade e da falta de credibilidade, insiste. Confirma o que ela própria confessou: “Meu erro foi perceber muito tarde que a política econômica estava "equivocada". Era um pedido de "desculpas", que vinha com a validade vencida, e só se justifica em casos menores e com a retificação do "mal feito". A presidentA não mudou nada, ou melhor, piorou tudo. Basta dizer que em 1 ano e 2 meses da reeleição amaldiçoada, está no segundo Ministro da Fazenda. E mantém um Presidente do Banco Central, desarvorado, reticente, contraditório. E sem orientação sobre os assuntos mas importantes,(inflação, juros, cambio) provocando a duvida e a incerteza geral.

Tudo isso "aprovado" pelo governo, criou a longa, dispendiosa e fatal falta de confiança, de esperança, de investimento. E na situação calamitosa e catastrófica do país, rebaixado mais de uma vez pelas três agencias de risco, todos os ativos ficaram desvalorizados. Constatando o fato, emergia, fácil de perceber: não era hora de vender. A destruída Petrobras, atingida pela corrupção e incompetência, "ninguém sabia de nada", ficou insolvente, com prejuízos colossais, dividas inacreditáveis.

Precisou se desfazer de ativos importantes, recebendo o mínimo dos mínimos. Poderiam ter encontrado uma solução verdadeira, com ajuda do governo. Quando Dona Dilma resolveu atuar, prejudicou a empresa, que está retirada ou proibida de extrair, explorar e vender seu próprio produto. Ontem, quarta feira, Dilma mandou medida provisória, abrindo o mercado aéreo para o domínio de empresas aéreas. O que os países do mundo ocidental proíbem terminantemente.

Para encerrar o assunto por hoje, por hoje. Não investem no Brasil, mas compram por preços maravilhosos. Como sabem que o Brasil está em crise mas não vai acabar nem ir á falência, estão comprando grandes hospitais do Rio. Depois passarão para outros estados. O Samaritano, (Botafogo) refugio da elite da classe media, famoso, já é de propriedade de americanos, não vai acabar, estão comprando grandes hospitais do Rio, depois passarão para outros estados. O Samaritano, famoso por ser refugio da elite e da classe media alta, já foi americanizado.

O São José, que pertence (pertencia) a empresários de São Paulo, e é notável e de primeira classe, também já é propriedade de grupos dos EUA. Nem eles acreditaram. O Pró-Cardiaco, de categoria internacional, recebeu e estuda proposta irrecusável. (Todas essas informações exclusivas.Raros sabem, ninguém publicou).
Spotlight

A alta cúpula do Vaticano apoiou a escolha e glorificou o primeiro premio do Oscar, o maior do cinema. Já contei que vi todos os filmes candidatos e minha preferência imediata foi esse. Corajoso, elucidativo, verdadeiro. Agora, as mais altas figuras da igreja católica, comentaram publicamente: "Nessa questão da pedofilia, cometemos erros e equívocos". Começaram a tomar providencias com o Papa Francisco, que enfrentou enormes resistências.

Paulo Maluf condenado na França

Ha mais de 20 anos é acusado de possuir contas no exterior. Dinheiro de corrupção de quando foi prefeito de São Paulo. Sempre negava até com gozação: "Quem quiser pode ficar com esse dinheiro que não existe". Os processos continuaram, seu nome estava na lista dos mais procurados da Interpol, 201 países. 

Como o Brasil não concede extradição de brasileiros, Maluf, que viajava muito, nunca mais saiu do país, contradição com a negativa, "não tenho conta nem dinheiro no exterior". O que era esperado de condenação, vinha da Suíça e não da França. Três anos, que não cumprirá.

O novo e descuidado Ministro da Justiça

Sua posse ficou para hoje. Não terá repercussão ou importância. 48 horas antes de assumir, ratificou o que o governo espera dele. Textual: "Não farei modificação IMEDIATA". Não é um programa, pode ser advertência. Primeiro é preciso saber o que ele chama de IMEDIATO. Decidido, tentará cumprir o que recebeu de incumbência em troca da nomeação, passar de estadual a nacional.  

Enfrentará muitos obstáculos. A opinião pública, que apóia irrevogável mente a Lava-jato, não aceita impedimentos ou impunidade-imunidade. 
Mas ele só existe por causa do compromisso de paralisar ou até acabar com a investigação. Se não fizer o que combinou, é melhor voltar José Eduardo Cardozo, muito melhor.

Não se fala sequer no constrangimento que estará diante do Ministro Lima e Silva: ele pertence (está na ativa) ao Ministério Publico. Como contrariar seus companheiros? Juntos, Policia Federal e Ministério Público Federal, fizeram e estão fazendo trabalho notável. A impressão geral: o IMEDIATO prometido pelo Ministro, será para sempre
Eduardo Cunha já é réu, o Supremo terminou ontem, quarta em 6 a 0, termina hoje, quinta

PS - A sessão tão esperada, começou ás 14,30. O relator Teori Zavascki, falou até quase 6 horas. Magistral. Pertencendo a um tribunal coletivo é um Ministro e uma personalidade singular. Voto profundo, minucioso, sem deixar um ponto em aberto.

PS21 - Como distribuíra para todos, o que escrevera , cortou 12 paginas, de depoimentos entre aspas. Mas ratificou tudo. Havia um entendimento do plenário com o Presidente Lewandowski, que só o relator falaria. Mas assim que ele acabou, 5 Ministros votaram rapidamente, em 10 minutos.

PS2 - Foram Carmem Lucia, Rosa Weber, Barroso, Franchini, Marco Aurélio. Era hora de Gilmar Mendes. Como ele não estava presente Lewandowski falou: "Como voto sempre depois dele, vou esperar para amanhã".  Imediatamente mais 3 ministros, Dias Tofolli, Celso de Mello, Fux, disseram a mesma coisa. A sessão foi encerrada, recomeça hoje, quinta ás14, 30. Mas Eduardo Cunha já é réu. Pode até perder por unanimidade. Só não tenho certeza sobre Gilmar Mendes, vota sempre diferente. Ministros podem mudar de voto, mas não nesse caso.

PS3 - Louvores também para o Procurador Geral. Em menos de 15 minutos, mostrou de forma impressionante quem é Eduardo Cunha, como falseia os fatos, mentindo despudoradamente.


PS4 - Foi uma quarta feira terrível para o presidente da Câmara. Na terça, ás 23,15 começou mais uma sessão. Meia noite e 4 minutos, já quarta, votaram contra ele, dando continuidade ao processo. No final da mesma quarta ontem, se transformava em réu. Hoje, quinta, unanimidade contra ele, a favor do povo nas ruas, que não quer outra coisa.
..............................................................................................................
Nossos leitores podem fazer comentários e se comunicar com os colunistas, 
através do: e-mail: blogheliofernandes@gmail.com

ESTA MATÉRIA PODE SER REPUBLICADA DESDE QUE CITADO O NOME DO AUTOR

Nenhum comentário:

Postar um comentário