Editoria: Helio Fernandes. Subeditoria: Roberto Monteiro Pinho

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

ESPECIAL:

13 HORAS NA CÂMARA, TEMER, VERGONHA DE UMA NAÇÃO

HELIO FERNANDES

A  sessão foi aberta pontualmente ás 9, logo se atiraram avidamente para a tribuna. O comparecimento foi mínimo, os dois lados querem a mesma coisa: deixar o dia passar, votarem bem tarde da noite. Nenhum discurso relevante, apenas gritaria ululante.

Duas afirmações do AINDA presidente, lidas no plenário. 1- "O Brasil está assistindo e vivendo um dia gloriosamente democrático". 2-"A crise acaba hoje". Foi um recado-conselho do Ministro Gilmar Mendes, "não fique longe do seu eleitorado". O que o Ministro sem toga chama de "seu eleitorado", deve chegar a 400, comprado com dinheiro do povo Se tiver um voto a menos, derrotará a oposição, mas terá sido traído e humilhado.

Vejamos os que "fecharam" com Temer, agora já até do segundo time.

RURALISTAS, que representam a maior e a mais rica bancada. O mínimo que dizem e repetem: "Nós sustentamos a coletividade".

EVANGÉLICOS, prepotentes, arrogantes, deprimentes, degradantes. Receberam cargos, e a garantia de que continuarão sem pagar nenhum imposto. Enriquecem explorando incautos, e protegidos pelos que assaltam o poder. (Negociaram diretamente com Temer).

CORRUPÇÃO PESSOAL – É o primeiro presidente a sofrer esse tipo de acusação, se apavorou e sem  o menor constrangimento vem negociando abertamente. Os RURALISTAS são mais de 200, depois das conversas, eufórico, relatava: "Pelo menos 100 desses votos, estarão firmes conosco". Se for verdade, para os 172 que precisa, faltarão apenas 72.

BAIXO CLERO, coordenados por emissários do parceiro e amigo Eduardo Cunha, garante 40 votos, com cargos do segundo e terceiro escalão. (Para essa negociação, o ex-presidente da Câmara, suspendeu a delação, cujo alvo era o próprio Temer).

BASE ALIADA, em depoimento do próprio Temer, tem entre 80 e 100 votos. Isso num levantamento individual.

11 Ministros tomaram posse ontem, alguns já discursaram. Não confiavam nos suplentes. Se a votação for concluída hoje, retornarão aos ministérios amanhã.

O PREVIDENTE Temer, ás 3 da madrugada ainda conversava. Às 8 da manhã já tomava sofregamente café com alguns, empurrando-os, "está na hora".
Os números que comandarão os trabalhos. Com 52 deputados a sessão pode ser aberta, foi o que aconteceu. 257 no painel, permite requerimento para encerrar  a discussão. (Ainda é cedo para isso). 342 no painel, numero para começar a votação. È a grande duvida.


È A MAIOR BANDIDAGEM da historia da Republica. E também a maior TEMERAGEM.O difícil, quase impossível é interpretar o que acontecerá no país, depois desse longo e torturante Festival Wagner de Corrupção. 

Um comentário:

  1. Me sinto humilhado, ultrajado, envergonhado! É a derrota de uma Nação, a consagração da corrupção e a consolidação de um Brasil colônia!

    ResponderExcluir