Editoria: Helio Fernandes. Subeditoria: Roberto Monteiro Pinho

domingo, 13 de maio de 2018


TODOS OS "PRESIDENTES" TORTURARAM E ASSASSINARAM COVARDEMENTE. MAS MEDICI
O MAIS FANÁTICO, GEISEL O DE MAIS INTIMIDADE COM A TORTURA, COMO CHEFE DA CASA MILITAR

HELIO FERNANDES

Apesar de nada disso ser surpreendente no Brasil, a repercussão foi impressionante. Por vir de um documento oficial da CIA, do país que patrocinou,coordenou e comandou tudo, no Brasil, Argentina e Chile. A repressão violenta começou no primeiro dia do golpe, em Pernambuco. Prisão do governador Arraes (mandado para Fernando de Noronha, o que salvou sua vida) e  a violência explícita, praticada nas ruas, por oficiais fardados. Que carregavam presos, amarrados com cordas pelo pescoço,e se divertindo. O povo, estarrecido.

Mas a denuncia, feita diretamente ao "presidente" Castelo tem que ser contada. Na sua posse, recebeu uma carta de congratulações de Sobral Pinto. Amigos do grande advogado alertaram, "o país está dominado pela tortura, você não pode compactuar com isso". Sobral apurou, mandou outra carta a Castelo, chamando-o de torturador, e dizendo textual: "Você não é presidente, volta para o Estado Maior".

Aí entra em cena Ernesto Geisel, general de brigada, mandado por Castelo a Pernambuco. Viu tudo, visitou prisões onde praticavam a tortura e o vandalismo diário. Se confessou  estarrecido, voltou, fez um relatório corporativista e carreirista, afirmando, "Pernambuco está na maior tranquilidade". Começou a se destacar, apesar de ser general recente.

Foi logo promovido a general de Divisão, (e  com Golbery) trabalhou para Costa e Silva não ser "presidente".Ele ia ser o primeiro "presidente", foi o maior líder e coordenador da conspiração.Comandante do Segundo Exercito, quando chegou ao Rio, Castelo já estava empossado, sofreu o golpe dentro do golpe. Quase não conseguia ser Ministro da Guerra. Isso alterou tudo.

Todos os projetos, pretensões, ilusões, ambições, sofreram alteração de pelo menos 3 anos, pois Costa e Silva foi "presidente" em 1974, quando acabou  a "prorrogação" de Castelo. Consumada e constatada a futura posse de Costa e Silva, Geisel  e Golbery, apavorados com uma possível vingança de Costa e Silva, se defenderam. Geisel foi promovido a general de Exercito  e nomeado ministro do STM, vitalício. Golbery, já na reserva, foi feito ministro do TCU (Tribunal de Contas da União).Também vitalício.

Aí, o destino ajudou Costa e Silva  teve o AVC, foi considerado impedido, foi a vez de Médici, o  assassino maior, que tinha prazer em assassinar e até AUTORIZAR os assassinatos em massa.  Médici  era Chefe do SNI, estava na vez.
O documento da CIA sobre ele é tão terrível, identificado por todos como ESTARRECEDOR.
Depois do terrorismo  assassino de Médici, os 5 anos de Geisel. Assessorado pelo grande amigo  e parceiro, Golbery Autorizou mais assassinatos, pediu  apenas cautela, queria saber de tudo.

Diante da revelação da CIA, todos reagiram com a mesma palavra: ESTARRECEDOR. Depois de 4 anos de terrorismo covarde, desumano,brutal, massacrante, Geisel aparece como pacificador  coordenando  a farsa da "anistia, ampla, geral e irrestrita, morrendo em casa, como herói. Ele e os outros generais assassinos.

Ainda falta muita coisa, ninguém esperava esse documento, rigorosamente verdadeiro. E oficial.

PS- Mais grave e que precisa de providencias, nada prescreve.

PS2- O Exercito, numa nota oficial, afirma e informa: "Não podemos comentar nada, todos os documentos foram destruídos".

PS3- Em 80  anos de jornalismo jamais vi isso. Destruir documentos oficiais e confessar para se livrar de responsabilidade.

CHICO CARUSO, ESPETACULAR

Depois de dezenas de anos de sucesso, consegue superar a si mesmo. No traço, na lembrança, e no conjunto. Tendo como objetivo o "presidente" assassino Ernesto  Geisel, junta Kissinger com Golbery, usando  a frase comprometida do usurpador Temer.

A charge, assim como  a caricatura, mais eterna, imortal e duradoura, do que a palavra escrita ou vibrada. No Brasil vem desde o Império.

DOIS ANOS DA USURPAÇÃO

Temer queria fazer uma grande comemoração. Foi convencido que a repercussão seria desfavorável. Como quase todos os íntimos estão presos, tomou café da manhã com os que sobraram, mas estão ameaçados. Ainda não sabe se haverá gente para o almoço.

Sua grande obsessão e preocupação, se concentra toda no primeiro dia de 2019. Deixa a presidência, qual será o seu destino?

4 comentários:

  1. "Todos os projetos, pretensões, ilusões, ambições, sofreram alteração de pelo menos 3 anos, pois Costa e Silva foi "presidente" em 1974, quando acabou a "prorrogação" de Castelo"


    COSTA E SILVA FOI PRESIDENTE EM 1967 E NÃO EM 1974 COMO SE LÊ NO TEXTO.

    ResponderExcluir
  2. Pensar, que essa "multilateralidade", encontrava-se e ainda encontra-se sob o comando dos mesmos "mestres" nesse ininterrupto e mercenário "laboratório",rumo a NOM.

    ResponderExcluir

  3. “O Iluminismo Criou o Comunismo Como a Antítese Dialética
    Outra premissa fundamental do Seminário 2 é que o mesmo Iluminismo que criou os EUA como a Nova Atlântida em 1776, também criou o comunismo entre 1846-48! Depois que você compreender este fato, entenderá inúmeras questões históricas que nunca fizeram sentido anteriormente. Por exemplo, entenderá:

    Por que a ação americana de “combater o avanço comunista” na verdade fortaleceu o comunismo;

    Por que enormes somas de dinheiro americano e europeu fluíram todas as décadas para a URSS para manter sua economia estável, muito embora a doutrina e a retórica comunistas declaravam inflexivelmente que sua meta era destruir todo o sistema capitalista;

    Por que o presidente Franklin Roosevelt cedeu a Europa Oriental aos soviéticos quando não existiam razões práticas para isso;

    Por que a superpotência EUA, liderada pelo presidente republicano Eisenhower, permitiu que Fidel Castro chegasse ao poder e se mantivesse nele, quando todos sabiam desde o início que Castro era comunista. Mais tarde, o presidente democrata Kennedy deliberadamente interrompeu a invasão da Baía dos Porcos, garantindo assim que Fidel Castro continuasse como ditador indefinidamente. Agora você aprenderá a verdade que os EUA queriam o comunismo em Cuba para prosseguir com o processo de conflito dialético.

    Para ilustrar que os mesmos Mestres dos Illuminati criaram tanto os EUA como o comunismo, Warner colocou o martelo do proletário comunista na garra direita da águia, junto com ramo de oliveira, e a foice comunista na garra esquerda, junto com as flechas. Demonstramos que os EUA são o sistema Tese do processo dialético, enquanto o comunismo é o sistema Antítese. O conflito resultante — conhecido no século 20 como Guerra Fria — foi projetado para produzir o novo sistema Síntese, a Nova Ordem Mundial, o reino do Cristo.”
    http://www.espada.eti.br/seminario2.asp

    “”Morticínio Mundial
    Plano da Elite Global: “Tomar o controle do mundo… para reduzir… o mundo a um nível seguro por meio de um processo de escravidão e genocídio benevolentes… A única alternativa que restou à elite governante mundial foi aumentar a taxa de mortalidade… O Dr. Aurélio Peccei, do Clube de Roma… advogou que uma praga seja introduzida e que tenha o mesmo efeito que a Peste Negra na história.” (Bill Cooper, em Behold a Pale Horse, págs. 49, 167; leia a resenha).

    “Aumentar a taxa de mortalidade” é o toque da trombeta dos Illuminati! De fato, esses líderes olham para a morte — a sua morte, leitor — como sendo benéfica e necessária. Veja:

    “Esse tipo de mudança está vindo rapidamente e é considerada por alguns como morte — terrível e a ser evitada, se possível. Ela é realmente morte, mas é benevolente e necessária… Para o progresso da alma do indivíduo e da alma da humanidade, a morte é inevitável, boa e necessária.” (The Externalization of the Hierarchy, págs. 114-115).

    Ambas essas citações prometem que a morte que afetará as massas humanas será do tipo “benevolente”!

    ” Agora você aprenderá a verdade que os EUA queriam o comunismo em Cuba para prosseguir com o processo de conflito dialético. ”
    PS. “Conflito Dialético”, a razão para continuidade da anistia, ampla, geral e irrestrita, com a ascensão, o uso e o abuso dos mesmos mercenários."

    ResponderExcluir
  4. Origem e razões, para os atritos, embates e dizimação dos “crê-dores”.
    Adendos, em: http://www.espada.eti.br/n1015.asp
    http://www.espada.eti.br/ce1073.asp
    http://www.espada.eti.br/onu.asp
    http://www.espada.eti.br/fagan.asp
    http://www.espada.eti.br/futuro-2.asp

    ResponderExcluir