Editoria: Helio Fernandes. Subeditoria: Roberto Monteiro Pinho

segunda-feira, 19 de março de 2018



O ASSASSINATO COVARDE DE MARIELLE, SEM MANDANTES, SEM EXECUTORES, SÒ A VITIMA


HELIO FERNANDES


Amanhã completa uma semana da tragédia grega traduzida para o português, e as investigações têm apenas um roteiro: a criminalização da vitima. Fazem a Marielle as acusações mais despudoradas, tão comprometidas que parecem fake. E esse caminho vai ganhando adeptos, fortalecendo os "investigadores" que não se interessam por resultados ou conclusões.

Um assassinato com interessados em se livrar da vereadora lutadora, é transformado quase oficialmente, numa disputa ideológica, entre esquerda e direita.Só existem três grupos com potencial, recursos e interesses em eliminar a vereadora desassombrada: traficantes, milicianos, corruptos da própria policia, com forte preponderância para representantes da PM.(Policia Militar). 

Desses três grupos, quais se identificariam como de esquerda ou como de direita. Haja o que houver, os assassinos, estivessem ou não estivessem empunhando a arma destruidora, são bandidos. 

E na confusão atual que domina o país, criaram ou tentam criar um novo personagem: o bandido com ideologia. Inacreditável, mas muita gente acredita nisso.Até mesmo os que deveriam repudiar e desacreditar.

Existe uma multidão de investigadores, civis e militares, das mais diversas patentes. Completaram 1 mês dando cobertura ao plano político e eleitoral  de Temer, de fortalecer sua posição para  a reeleição presidencial do fim do ano. 

Ele  mesmo rotulou como "golpe de mestre", trouxe o Exercito para reforçar a segurança do Rio, totalmente comprometida, com a população desesperada e desesperançada.

Sem poder andar nas ruas, e assustada até mesmo dentro de casa. aconteceu  Inicialmente considerei que poderia ser uma solução, apoiei em parte. Não havendo nenhuma segurança, com o chamado crime organizado dominando tudo, achei razoável  que forças militares, cuidassem do assunto. Mas já fiz criticas duras e repetidas, á estratégia seguida pelas forças militares.

Tenho considerado absurda a linha de ação, fixada na Vila Kennedy, que como tenho dito, "não tem nada a ver. È um equívoco de visão, avaliação e atuação. 

Daí o fracasso visível, 1 mês desperdiçado, nem o mínimo sucesso , Apesar  do efetivo gigantesco de civis e militares, mobilizados para a  conquista da tranquilidade, desejada e esperada pelos 6 milhões de pessoas, que moram ou trabalham no Rio.

Como essa tropa estava aqui, e o assassinato da vereadora lutadora, também aconteceu aqui, aqui, incorporaram a tropa do Poderoso Exercito do Leste, ás investigações. 

O próprio general Braga Netto, afirmou na televisão: "Estou acompanhando tudo". Acredito. Mas esperava resultados, que estão longe de aparecer. Nem resultados, nem mesmo indícios.

PS- Já comparei o assassinato de Marielle, com o assassinato da missionária Dorothy, morta por prejudicar o enriquecimento territorial ilegítimo.

PS2- Os executores estão presos, condenados a 18 anos.

PS3- Aos mandantes nada acontecerá , cada vez mais ricos e poderosos.

PS4- Agora, escrevendo, me ocorre um pensamento assustador.

PS5- Se com o assassinato de Marielle, acontecer o mesmo que aconteceu com o assassinato do prefeito Celso Daniel?

PS6- Tenho que repetir: assustador. Mas quem diz que não pode se repetir?

PUTIN, O DITADOR INVENCÍVEL

Não posso abandoná-lo como assunto. "Conquistou" o quarto mandato, todos de forma inadequada, o mais distante possível do que o mundo chama  de democracia. E os maiores órgãos de informação, insistem em desinformar a opinião publica.

Nem ele esperava que vindo da KGB terrorista da União Soviética, fosse nomeado presidente da Rússia. Tomou posse em 2 mil. 4 anos.
Em 2004 ele mesmo se indicou. Mais 4 anos.

O terceiro mandato, mágica e malabarismo, passou a 5 anos.

O de agora, 6 anos, até 2024.

PS- Em nenhuma oportunidade, participação do Parlamento. Ou reforma constitucional aprovada pela Suprema Corte. 

PS2- Este pode não ser o ultimo, ele é um esportista praticante. Com prioridade para esportes (vários) violentos

PELA ALMA DE MARIELLE

Hoje, no fim da tarde, na Candelária, culto ecumênico pela  brava e lúcida vereadora assassinada. A céu aberto, com representantes de todas as religiões.

Será emocionante, quem puder ir, diga PRESENTE. Homenagem que devemos a ela. Que nem saberemos quem puxou a arma para assassiná-la. Ou quem pagou por esse crime hediondo.

AÇÃO CRIMINAL, CONTRA A COVARDIA E A CALUNIA

Com todo o direito, o PSOL está entrando na justiça, pedindo a punição da desembargadora e do deputado federal. Mistificaram, mentiram e  caluniaram a vereadora assassinada.

O país espera que esse processo não fique engavetado. E que não haja um juiz capaz de absolver esses criminosos

Nenhum comentário:

Postar um comentário