Editoria: Helio Fernandes. Subeditoria: Roberto Monteiro Pinho

domingo, 10 de dezembro de 2017

A LIBERTAÇÃO DE MARCELO ODEBRECHT

HELIO FERNANDES

Na próxima quinta feira, dia 14, deixa Curitiba, vai para a mansão no Rio de Janeiro. Ficou  3 anos preso, fez  a mais opulenta delação, não só pessoal mas também coletiva. Todos foram libertados, ele "colaborou" de todas as formas, mas não obteve a liberdade.

E provocou enorme decepção para este repórter. Com paixão por informação, tentei intensa e ininterruptamente decifrar o mistério da sua prisão. E constatem. Alem de dezenas de depoimentos elucidativos, coordenou e executou a delação dos 77 executivos e ex-executivos da sua empresa. A PF e o MP dão importância extraordinária a essa colaboração.

Todos os 77 estão em liberdade. 51 foram dispensados da Odebrecht. Receberam fortunas como indenização. Os outros 26 foram mantidos, recebem os mesmos salários e vantagens Não quero fazer o julgamento do poderoso Odebrecht. 

Isto está sendo feito minuciosamente, pela PF, MP a Justiça, começando pelo Juiz  Moro, e seguido nas outras instancias. Os 26 executivos mantidos, servirão pra cumprir o compromisso assumido e assinado. A Odebrecht continuará, abrangente mas, não delinquente. 

Não quero fazer a sua defesa, não o conheço, jamais irei conhecê-lo, não tenho vontade nem tempo. Mas me recuso a compactuar ou concordar, mesmo de longe, com os que tentam comparar Marcelo Odebrecht, com os irmãos Batista.

Estes têm menos tempo de vida do que condenações a cumprir. Os Batista estão mais para Eike também Batista, nem consigo explicar porque ainda não foram descobertos por Gilmar Mendes. Assaltaram os 4 maiores  Fundos estatais, roubaram 8 bilhões dos funcionários, que estão sendo sacrificados nos recebimentos mensais.

Os Fundos são: Banco do Brasil, Caixa Econômica, Correios, Petrobras. O propenso parado, quase arquivado, nada acontece aos criminosos Batista. Para terminar, uma revelação colossal.

PS- Os Batista fizeram um  acordo com a União para parcelar uma parte da divida. Juntaram débitos, juros e correção o total ficou em 25 bilhões.

PS2. Concordaram em pagar 1 bilhão por ano, durante 25 anos. O primeiro pagamento já está vencido, e nada aconteceu.

PS3- Os Batista estão negociando outra divida no valor de 14 bilhões.Mas a forma é diferente da outra de 25 bilhões. Está difícil, conversar com bandido é perigoso. 

INCONSEQUENCIA, INCOERENCIA, IMPRUDENCIA, NORETROCCESSO (planejado) DA LEGISLAÇÃO TRABALHISTA

O presidente mais corrupto e impopular desde que dezenas e dezenas de anos ultrapassaram duas ditaduras, tinha que arruinar e até eliminar os direitos dos trabalhadores. Amarrado aos mais poderosos empresários, não tendo sido eleito  pelo povo (jamais disputou eleição majoritária), sem respeito pela comunidade, decidiu modificar o relacionamento entre patrão e empregado.

Sozinho, sem consultar ninguém, pressionado pelos poderosos e riquíssimos empresários, jogou no lixo a CLT, que vinha de 1932, quando foi criado o Ministério do Trabalho. Não  era grande coisa, estava entre  as mais atrasadas do mundo. Mas modificar para piorar, é coisa de presidente corrupto e não eleito.

Em 1918, no México, dois "generais", decididos e compenetrados, Pancho Villa e Emerenciano Zapata, derrubaram a ditadura de 23 anos. E implantaram uma legislação trabalhista revolucionaria. Foram assassinados, mas não tocaram na legislação, com medo do povo.

Temer acabou com o império da lei, substituiu pelo "entendimento entre o patrão e o empregado". Gritei logo que isso era uma violência  e um escândalo.  E que os trabalhadores são explorados com a lei, imaginem sem ela. Era facílimo de perceber a supremacia e a superioridade do patrão sobre o empregado.

O império da truculência do empresário explorador, veio mais rápido do que se esperava, até mesmo este repórter. E as providencias de varias empresas, vieram comprovar o  que diziamos: a "nova" legislação tinha o objetivo de dar todos os poderes aos patrões, encurralar o trabalhador, destruir o que haviam conquistado.

 Diversas empresas estão demitindo em massa, sem qualquer conversação. Não aumentarão o desemprego, pois precisam de quem movimente o negocio. Mas contratarão com as reformas impostas pelo presidente corrupto.Mito mais "satisfatórias"

Até agora, foram atingidos médicos e professores. Mas inúmeras outras empresas, se preparam  e executarão as mesmas modificações.

PS- De onde virá a reação contra essa espoliação?

PS2- E até direitos tradicionais, intervalo para almoço, ferias, 13% salário e outros, serão atingidos.

PS3- E o chamado trabalho intermitante, já está sendo esfacelado.

BRASIL:TERCEIRO DO MUNDO EM NUMERO DE PRESOS

E também de penitenciarias, todas com excesso de lotação. Nenhum preso político, unicamente os que supostamente, infringiram o Código Penal. Mas nem todos. Pelo ultimo levantamento, nas penitenciarias, 720 mil presos.

Mas desse total, 300 mil são considerados provisórios. O que è um preso provisório ? È um pobre, miserável, que não tem direito a coisa alguma, nem a saber que crime cometeu. Pode ter sido alguma coisa insignificante, não têm condições para grandes lances.

Sem recursos para pagar advogado, não sabe quando será julgado. Uma barbaridade, pode ficar para sempre submetido  a esse tratamento selvagem.

300 mil provisórios. Num regime de irresponsabilidade eterna.

PSDB: ENTRE A INDECISÂO E A CONTRADIÇÃO

Já tem um novo presidente, mas continua sem definição. A posse de Alckmin, não propriamente como presidente do PSDB, mas como presidenciável em 2018, foi constrangedora.Ele teve  470 votos entre 474 presentes, estava tudo combinado. Alckmin afirmou, "pessoalmente sou a favor de Temer e da Reforma da Previdência".

Ha 15 dias, procurado em SP pelo presidente corrupto, disse exatamente o contrario. O que levou Temer a dizer na TV: "O desembarque do PSDB, acontecerá de forma cortês e elegante". Ontem, deram a impressão de debandada a favor. Mas com esse desorientado e desmoralizado PSDB, tudo é possível.

FHC, satisfeito de ser ouvido, era totalmente contra o apoio a Temer, discursou inteiramente a favor. Os 43 deputados federais do partido, mostraram divisão igual em duas oportunidades. Nos dois pedidos do STF para investigar Temer, 21 votaram a favor, 22 contra. Agora como conseguirão colocar os 43 no mesmo  roteiro?

Alckmin disse que é a favor  de fechar a questão, mas vai esperar a decisão da Executiva Nacional. Se for fechada a questão, e alguém desobedecer, terá que haver punição. Mas quem tem cacife para punir alguém, nesse  desmoralizado PSDB?

Alem do mais, todos precisam se reeleger, o PSDB deve eleger no máximo 35, ninguém quer ficar  no meio do caminho. Ontem, sinceros e conscientes, só os quase 400 militantes. Quando Aécio Neves se encaminhava para a tribuna, vaiaram estrepitosamente. Aécio estava perto de uma porta lateral, saiu, foi embora imediatamente. Não devia ter comparecido. 

Tudo acertado na duvidosa realidade do PSDB, o governador de SP, aproveitou para tentar consolidar sua precária candidatura. Não tem adversários internos, mas nas pesquisas, não passa de 4%. Presidenciável em 2006, tinha 26% nas pesquisas, não ganhou. Como ganharia agora, sem legenda, sem carisma, sem povo?

PS- Mas dá a impressão de candidato competitivo, que pode até vetar adversários.

PS2- Mostrou com hostilidade e de forma surpreendente pela violência, que Lula "não pode ser candidato". E mais adiante: "Lula quer voltar ao local do crime, o que não acontecerá".

PS3- O discurso mais incisivo, até apresentando projetos de governo, foi do prefeito de Manaus, Artur Virgilio. Mostrou que é candidato mesmo.

PS4- Senador destacado, diplomata de carreira, prefeito eleito e reeleito de Manaus, escreveu artigo comunicando que deixa o cargo em março.

PS5- Enquanto isso, haja o que houver, Lula lidera as pesquisas no primeiro e segundo turno.

Um comentário:

  1. Sobre o Artur Virgílio o repórter só esqueceu de dizer que foi flagrado escondendo patrimônio da Justiça Eleitoral.

    ResponderExcluir