Editoria: Helio Fernandes. Subeditoria: Roberto Monteiro Pinho

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

SEM PRESSA, CUNHA JÁ PEDIU A PAPAI NOEL: DILMA E TEMER FORA DO CAMINHO. O PINOCHIO DE FHC. ALCKMIN ATINGIDO PELA PESQUISA.

HELIO FERNANDES
12.02.15
2014, em plena presidência Bendine, o lucro do Banco do Brasil caiu 28,6%. Dona Dilma sabia disso quando colocou-o na presidência da Petrobras. Conhecia também as denuncias que inundam o passado dele. Como essa de fazer compra de imóveis com dinheiro, de detesta cheque. No momento, ela não fala está em "silencio planejado".
O contrario do segundo Joaquim, em "silêncio-quase-ostracismo". Vem sendo criticado até por amigos do "mercado". O almoço da FIESP, ás quartas-feiras (ontem) é o mais movimentado. No salão, um relógio que marca o número dos presentes, ás 13,30, 138. Quando falavam o nome Levy, jantavam a palavra delação.
O Índice da Bolsa caiu, 0,60. A ordinária da Petrobras, mais 0,30. Preferenciais, mais 0,98. Não ha rumo nem para especulação. As duas ações da Vale subiram 3 por cento cada.
O Pinóquio de FHC.
Seu nome: Mendonça Filho, é deputado do DEM. Isso não é o mais importante. Ontem apareceu na Câmara com um boneco representando Dona Dilma, falando, “ela mentiu aos brasileiros”. Isso já é conhecido e reconhecido, pelo que ela falou (mentiu) na campanha presidencial, e segundo o Datafolha foi referendado por 77 por cento da população.
Mas Mendonça Filho não é o mais credenciado para fazer critica a Dona Dilma. Esqueceram que ele apresentou no Congresso o projeto de emenda constitucional para a reeleição que manteria FHC mais quatro anos no Poder. A não reeleição era uma das cláusulas pétreas da Constituição, foi uma mentira de Mendonça. Portanto o Pinóquio que carregava ontem, representa apenas ele mesmo. Ou FHC.
Começou a “corrida” (financeira e não política) para aprovação da emenda constitucional. Pagaram, o que foi pedido, ninguém ignorou o fato, não houve protesto e sim aumento de “propina”. (Palavra que não estava na moda, como agora). Mendonça Filho faz parte do clube que “não sabia de nada”, mentiu para a comunidade e para ele mesmo.
Alckmin, “enxovalhado” pelo Datafolha.
A repercussão da pesquisa, ficou toda em cima de Dona Dilma, poupou em parte o governo de São Paulo. Talvez pelo fato dele querer (novamente) ser presidente, já derrotado uma vez e ela vitoriosa (?) duas vezes. Mas numa boa análise, ele não escapa da responsabilidade da falta d’água, que agora só chama de “crise hídrica”.
Alckmin perdeu 19 pontos no quesito “bom ou ótimo”. Como foi reeleito no primeiro turno, com 67 por cento dos votos, sem esses 19, teria parado nos 48, os paulistas teriam, uma segunda opção. Alckmin é tão irresponsável no problema que mais aflige São Paulo, como Dona Dilma no Toto.
A “crise hídrica” tem mais de dois anos, o governo se perdeu em divagações, suposições, irresoluções. Só agora, reeleito e trabalhando pela nova chance presidencial. Ficou o tempo todo “rezando para que chovesse”.
Só agora verificou que pé fácil ou facílimo, “ligar ou interligar a represa Billings com o sistema Cantareira”. Os que só hoje rebaixaram a nota do governador, deveriam ter feito isso antes da eleição. Idem, idem para Dona Dilma.
Recepção-desinformação.
Provado: o ex-diretor da Petrobras, Renato Duque um dois muitos acusados pela operação Lava-jato, como tantos envolvidos na roubalheira da Petrobras, estava preso. O Ministro Zavascki mandou soltá-lo. Houve recurso, ele é considerado um dos que tem fortuna enorme no exterior.
Houve recurso, foi para a Turma do próprio Zavascki, que já votara pela sua liberdade, confirmou. Gilmar Mendes e Carmem Lúcia, apoiaram, acabou tudo, Duque está em liberdade. 19 outros presos vão pedir o mesmo “beneficio”.
Jornais e televisões badalaram: “O Supremo recusou a prisão do ex-diretor”. Não foi o Supremo, apenas três ministros. Quando por causa de televisão, deram o “poder soberano” ás Turmas e não ao plenário, comentei: “Qualquer um pode ganhar por um voto, com três Ministros presente, a Turma decide até por dois a um”. Inacreditável mas rigorosamente verdadeiro.
Executivo-legislativo.
O ministério Dilma, capenga, de muletas, com três velocidades>: pra trás, lento e devagar. Mais medíocre do que a própria presidente (presidentA para a maioria) sofre os efeitos da corrupção e da Lava-jato.
Um só exemplo entre muitos: Henrique Eduardo Alves. Sem mandato, ia ser ministro. Citado, colocaram reserva no seu suporto cargo. Ficou combinado: se aparecer mancha, volta para o Rio Grande do Norte. Sem mancha, assume o Ministério do Turismo. Que República.
O Executivo (Dona Dilma) acumula derrotas em cima de derrotas. Na eleição do presidente da Câmara e do Senado errou crassamente, acreditou exageradamente nos jornalistas desinformados.
Esses diziam na televisão, uma destruidora e repetidora de informação errada: “Eduardo Cunha vem perdendo força, Chinaglia avança e tira votos importantes dele”. Se valiam da presumida grande audiência, “contaminavam os cálculos do Planalto”. Eduardo Cunha venceu no primeiro turno, só pode perder para a Lava-jato.
Não esquecer a reviravolta em relação a Renan Calheiros. Vinha batendo no governo, desassombradamente, seguiu as analises dos mesmos jornalistas equivocados. Assustado, Renan se aproveitou do susto do Planalto, "fechou" acordo de ultima hora, mandaram votar nele.

Renan saiu vitorioso (?) como tem uma “imprensa incondicional", é chamado de "fiador do governo Dilma". Ora, Renan não é "fiador" nem dele mesmo. Exatamente como o presidente da Câmara, não se liberta da preocupação com o Paraná. 

Existe diferença entre os dois. Cunha acredita mesmo na hierarquia sucessora no caso de impeachment. Com  o possível impedimento dos dois primeiros, eis o lobista dominando o lobismo até agora escondido. Mas ele não, derrota diariamente o Planalto e o PT.

(Como já disse, vou esclarecer muita coisa a respeito do impeachment. Mas não agora, falta muito tempo).

PS- Após dois anos de contínuo bloqueio total de seu pensionamento da União Federal, Helio Fernandes conseguiu no Tribunal Superior do Trabalho - TST (por unanimidade) fazer valer seu direito, que prevê a “impenhorabilidade da aposentadoria”. A vara de origem do Tribunal do Trabalho da 1ª Região, através de decisão contestada e recorrida, depois ao TST, mandou fazer a penhora, desfigurada e frontal a Constituição Federal, que prevê a proteção ao salário. 

PS2- Dessa forma, depois de todos os meios expendidos, foi protocolado o Mandado de Segurança (MS), e ROMS. Agora o autor da ação vai ter que devolver o que lhe foi injustamente liberado pelo juízo, diante da decisão do Colendo Superior. O mais brilhante e louvável foi o gesto do julgador-relator, sendo que do próprio TST, tão logo proferiu a DECISÃO, (por via online, ”eletrônica”), mandou que o juiz do trabalho, desfizesse o bloqueio, que por todas as linhas do bom direito, jamais poderia ter ocorrido. FEZ –SE JUSTIÇA, perseguida com zelo, denodo e busca do direito, exercidos pelo excelente advogado trabalhista, doutor Ricardo Braga França.

PS3- A Alemanha apresentou saldo comercial elevadíssimo. E o PIB de 2014, muito mais alto do que o previsto. Mas não libera ou atenua a política de "austeridade" para a Grécia. Que criou "dívidas" fantásticas, mais impostos, desemprego.

PS4- A Grécia ensinou ao mundo o sabor da palavra DEMOCRACIA. A Alemanha criou, ensinou e incentivou o nazismo, elevando-o á condição de "holocausto", "selvageria", "desumanidade". Para centenas de milhões.

PS5- Dona Merkel nasceu em Hamburgo, quando a Alemanha perdeu a Primeira Guerra Mundial, mas não foi retalhada, separada, desmembrada. Foi para a Alemanha Oriental, comunista, aprendeu russo, que fala correta e corretamente, da mesma forma que Putin fala alemão.

PS6- Com a queda do muro de Berlim e a unificação, percebeu logo qual era o seu futuro. Voltou para a "Alemanha mãe", fez carreira, e que carreira. Conversando com Putin sobre a Ucrânia, (que ele invadiu e mantém militarizadas as forças separatistas) usam a língua russa. Explico: "É o protocolo, ele é presidente da República".
.........................................................................................................................................
Nossos leitores podem fazer comentários e se comunicar com os colunistas, através do e-mail: blogheliofernandes@gmail.com
As respostas serão publicadas aqui no rodapé das matérias. (NR).
гелій
Я з України, я можу підключити бразильський блог, Номери забути український народ, що страждає багато від російського гніту.
Волоски
(tradução)
Ao Helio – Brasil
Sou da Ucrânia, consigo conectar seu blog brasileiro, Não esqueça do povo ucraniano, que sofre muito com a opressão russa
Helio-Tribuna.
Um abraço do seu leitor.
Sou petroleiro, mais uma vez indignado com a falta de segurança que meus companheiros desenvolvem seu trabalho nas Plataformas da Petrobras. Hoje mais um acidente trágico a 50 quilometros da Costa do ES (Bacia Merlin).Três deles perderam suas vidas, seis estão desaparecidos. Tudo isso, ao sangue e sacrifício, para esses ladrões de gravatinhas de seda, se darem bem.

João Ludovic de Oliveira – Vitória - ES

Nenhum comentário:

Postar um comentário