Editoria: Helio Fernandes. Subeditoria: Roberto Monteiro Pinho

terça-feira, 25 de julho de 2017

A ROUBALHEIRA NA DITADURA, TOTAL. NOS MAIS DIVERSOS SETORES, INCLUINDO A PETROBRÁS

HELIO FERNANDES

As primeiras  divergências entre os generais, começaram por causa da corrupção. Existiam muitos corretos, até mesmo contra a tortura desvairada, que atingiu o apogeu com o "presidente" Médici. Os protestos contra o desperdício de dinheiro tiveram como alvo o mesmo Médici.

Faraônico, nababesco e perdulário, decidiu construir a rodovia Belém-Brasília, logo denominada como a estrada que "ligaria o nada a coisa alguma". Fortunas desperdiçadas. A seguir, Delfin Netto e Andreazza resolveram fazer a Ponte Rio - Niterói, uma obra útil, mas não  com aquele preço devastador e juro de 14 por cento, da Inglaterra.

Escrevi 6 reportagens, publicadas em 2 meses, com o titulo geral. "A ponte de OURO sobre o MAR de LAMA". Com nomes e sobrenomes, mais prisões. (E lembrando que pouco antes, o governador Lacerda construíra a Cedae, com financiamento dos EUA, de 1 e 5 oitavos, os americanos adoram essas frações anuais).

A PETROBRAS DO "JAPONEZINHO"

Ninguém enriqueceu como ele, que tinha a cobertura e a proteção do próprio Geisel. Nomeado presidente da Petrobras, que tinha a aura e produzia orgulho, com a campanha do “Petróleo é nosso" .Mas o que não existia mesmo era o petróleo, que o japonezinho" comprava com preço varias vezes superfaturado.E esse sobre preço, ia investindo todo no Texas, em petróleo, poço e refinaria. Os filhos foram morar lá, o pai ia de vez em quando, ficava aqui, cuidando dos recursos do  superfaturamento.

Mas surgiram as denuncias, Geisel teve que tirar o "japonezinho" da Petrobras. Só que Geisel, arrogante e audacioso, colocou o "japonezinho”  como Ministro de Ministro de Minas e Energia, ainda mais poderoso, dominando os dois cargos, cada vez mais rico. Shigeaki Ueki, esse o seu nome, continuou investindo no Texas. Mas continuou morando aqui e no Texas.

Esgotado prestigio de Geisel, rompeu s "amarras" com o Brasil, mudou definitivamente para o Texas. Ha mais de 20 anos não vem ao Brasil. Ele e os filhos são os mais ricos do Texas, em poços e refinarias de petróleo, ultrapassando os 2 Bushs, pai e filho, ex-presidentes dos EUA.

Neste momento em que o Brasil vive o ponto mais alto da corrupção com base na Petrobras, podiam incorporar o "japonezinho", o mais rico de todos,inteiramente esquecido ou deslembrado.

O MP QUER AFASTAR, O PRESIDENTE DA CBF

E pouco, mas pode ser o inicio de uma renovação. Deviam ter pedido logo a prisão desse senhor Del Nero, corrupto confesso. Não sai do Brasil com medo de ser preso, não viu nenhum jogo da seleção.

Parabéns ao MP, que ANULOU a reforma do estatuto. Deu todos os poderes a senhores desconhecidos das federações. Excluiu totalmente os clubes. A comunidade do país inteiro, torce, sofre e mantém os clubes. As federações só fazem explorá-lo. 

AUMENTO DE COMBUSTIVEIS

Um juiz Federal  de Brasília, acaba de anular o inacreditável aumento de combustíveis. Não vai demorar, e um outro magistrado (?), tornará sem efeito, a decisão do juiz Federal.

O DITADOR CARRASCO DA TURQUIA

Está completando 1 ano do  que ele chamou de golpe. Pretendia fazer parte da UE, agora os 27 países, nem querem  vê-lo ou ouvir falar nele. Prendeu ou demitiu 150 mil pessoas, fechou mais de 100 empresas de Comunicação.

 E hoje começa o julgamento arbitrário de 51 jornalistas. Apesar de tudo isso, sempre que pode, vai á televisão e não se cansa de repetir: "Duvido que exista no mundo, uma democracia mais autentica e apoiada pelo povo do que a da Turquia".

Outra insistência, que repete como se fosse um slogan: "Todo o golpe foi organizado por um clérigo que vive nos EUA". E pede a sua extradição, nem os EUA nem ele se interessam. Como é que apenas um personagem, ha anos sem sair dos EUA, isolado, pode organizar um golpe e movimentar centenas de milhares de pessoas. E sem o mínimo de resistência, de protesto, de manifestações.

MINISTÉRIO PÚBLICO X SERGIO MORO

AS relações em Curitiba já estiveram muito melhores. Eram quase afáveis,agora  são praticamente conflitantes. Em vários casos. Até mesmo em relação a Lula. Moro condenou o ex-presidente a 9 anos de prisão. Decorrido quase 1 mês,o MP pediu ao juiz para reabrir o processo.Moro recusou, já não tem mais nada a ver com esse processo.

Circularam rumores( registrei)  de que o MP considerava, que não existiam provas irrefutáveis para a  condenação.Mas não recorreram á Quarta Vara Federal. Já haviam surgido divergências nas absolvições da mulher de Eduardo Cunha e da de serginho cabralzinho.

O MP defendia a condenação das duas. Mas não recorreu para a Desembargadoria Federal de Porto Alegre. Só que ontem, terça feira á tarde, o MP pediu a condenação da mulher de serginho. Mas manteve o silencio em relação á mulher do ex-presidente da Câmara. 
Nenhuma divergência no crime de cumplicidade e lavagem de dinheiro, atribuído ás duas. Por que o recurso contra uma e o esquecimento da outra? Chatíssimo: não ha informação.Só rumores ou suspeitas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário