Editoria: Helio Fernandes. Subeditoria: Roberto Monteiro Pinho

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

COM LULA OU SEM LULA, AGORA E NA ELEIÇÃO DE 2018

HELIO FERNANDES

Essa colocação já estava definida ha muito tempo. Numa lista indefinida mas existente, a mediocridade e a falta de credibilidade dominavam e preenchiam a despudorada relação dos que pretendiam se elevar de ignorados a presidenciáveis.

E até se julgando vencedores, sem credenciais, sem passado, presente, e seguramente sem futuro. Pelo menos político.

Com o descaso, o desinteresse e até o desprezo da opinião publica, foram surgindo nomes os mais  descaracterizados, disparatados, despreparados. Mas com a voracidade do exibicionismo de um momento ou de um instante, que pretendiam prorrogar pelo maior tempo possível. Entravam e saíam do noticiário, eles mesmos chamavam isso de estratégia.

Sem esquecimento ou exaltação, um nome se fixou indelevelmente, ninguém conseguiu superá-lo: Luiz Inácio Lula da Silva. Nos mais diversos partidos ou legendas, os candidatos que são ou se pretendem presidenciais, não escondiam nem escondem: para se elegerem, precisam derrotar o ex-presidente.

Tão evidente essa supremacia, que aderiram á "solução" única: afastá-lo da disputa, torná-lo inelegível. Já tratei do assunto em profundidade, com enorme repercussão, contra e a favor. Como a conspiração contra ele, continua em gestação, esperemos o que acontecerá.

Com a excitante presença ou ausência eleitoral de Lula, o Datafolha publicou sua ultima pesquisa, "fechada" depois do julgamento de Porto Alegre.

Lula não perdeu 1 voto, o Instituto se viu diante de um problema: em diversas simulações para o primeiro e segundo turno (que haverá de qualquer maneira), Lula ganhava de todos e de qualquer um.

O PROFISSIONALISMO JORNALÍSTICO DO DATAFOLHA

Diante desse dilema, preferiram não enganar a comunidade, optaram por publicar os resultados encontrados, COM Lula ou SEM Lula. O cidadão – contribuinte - eleitor, mesmo com um presidente no cargo que alem de corrupto, não  representa nem de longe a democracia, não perde em informação, favorecido pela opção  do Instituto. 

Este repórter, convencido de que o jogo ainda está sendo jogado, e que se a democracia for mantida, Lula  não perde para ninguém, examino os supostos adversários usando meus próprios dados e informações. (E não levando em consideração o que dizem os juristas de aluguel: "Lula pode concorrer, ganhar, tomar posse, mas não governa". È muita audácia  e confissão da conspiração judiciária).Vamos á analise, SEM LULA.

Marina Silva-Será a provável favorita. Teve 20 milhões de votos em 2010, 19 milhões em 2014. Os 35% do Lula serão esquartejados, ela ficará com 15 ou18%.

Ciro Gomes- Herdará muito voto do Lula. È a terceira candidatura, perdeu pra ele mesmo. Agora está mais comedido e menos agressivo com pessoas e bem preparado e competente em problemas.

Geraldo Alckmin - Só coloco o nome dele, se apresenta como  candidato, não  chega a 10%. Desde 1994 morando e trabalhando no Palácio Bandeirantes. Disputou  a presidência em 2006, não foi para o segundo turno. Agora, se passar de 5 ou 6%, ninguém do PSDB acreditará.

Luciano Huck - Nunca foi candidato para valer. Acabou de vender sua riquíssima e  luxuosa mansão na Costa Verde. Dizem que é para financiar a campanha. Tem que deixar o programa de TV, até 7 de abril. Desiste antes.

Jair Bolsonaro - Foi sempre o candidato do medo. E com toda a razão. Defende o que o mundo tem de pior, a começar pela tortura, arrogância e incompetência. Era elogiado por não ser acusado na Lava-Jato.

Vem caindo bastante depois da acusação de desonestidade e da fortuna mensal que ele e os 3 filhos recebem dos cofres públicos. Não tem uma chance em 1 milhão de ser presidente. Ficará sem mandato parlamentar, voltará a ser um inexpressivo capitão da reserva.

Joaquim Barbosa - Está tentando ser presidenciável ou vice de Dona Marina. È um enganador, e quando ministro do STF, um engavetador de processos. Com um deles ficou 43 meses, foi despachando outros que chegavam muito depois.

Denunciei o fato ainda na Tribuna da Imprensa, uma semana  depois se deu por  impedido, devolveu o processo sem relatar. Carreirista nato.

PS- Impossível definição mais ou menos correta, numa eleição visivelmente anti - democrática.


3 comentários:

  1. Hélio, se você pegar a sua mansão lá no JARDIM BOTÂNICO que na época compraste na bacia das almas hoje vale quanto???
    Se a família BOLSONARO está com um patrimônio só de 15 milhões você há de convir de que eles são TROMBADINHAS perto da família LULA, DILMA, JUCÁ, LINBERGH, GLEISE HOFFMANN, GEDDEL e centenas de outros políticos corruptos. E você sabe muito bem disso. Ou estás igual ao Lula "não sabe de nada"...
    Governos corruptissíssimos iguais aos de LULA/DILMA jamais houveram na história desta república. Quebraram o Brasil a começar pela PETROBRÁS. Fecharam na gestão da DILMA dezenas de milhares de empresas pelo Brasil já também em consequência da gestão do LULARÁPIO. Além de tudo prevaricaram a todo vapor nestes 14 anos de gestões fraudulentas. Isto tudo de graça???
    Porque os órgãos competentes não fazem ou não fizeram uma devassa contábil em regra no PT??? Agora já ajeitaram tudo.
    "Empréstimos" a fundo perdido via BNDES para países sabiamente comunistas quando o BRASIL nem tem e não tinha condições para fazer isso!!! Foi tudo com o dinheiro do cidadão brasileiro.
    O que o Lula deixou fazer com a VARIG? Veja um comentário feito por um piloto da VARIG acho que no dia 28/01.
    Se por acaso esse troço for eleito, o BRASIL vai virar uma VENEZUELA da vida. Para você, pelo jeito, deve estar tudo bem lá neste país vizinho.
    Ia fugir meeesmo para o SUDÃO país com quem o BRASIL não tem tratado de extradição. A mídia esquerdista disse que ia para a ETIÓPIA. É só consultar o GOOGLE. Fiz um comentário a respeito há alguns dias. Dei todas as coordenadas e inclusive do site também. Apreenderam o passaporte dele.

    ResponderExcluir
  2. Assino em baixo o comentário acima e repiso duas coisas:
    1)O jornalista lamentavelmente está,no fim da vida,comprometendo a biografia ao defender um dos maiores corruptos da história do país;
    2) Vou repetir e espero que o jornalista grave na memória que O ALCKMIN FOI PARA O 2º TURNO EM 2006.
    O ALCKMIN FOI PARA O 2ºTURNO EM 2006,
    O ALCKMIN FOI PARA O 2º TURNO EM 2006,
    O ALCKMIN FOI PARA O 2º TURNO EM 2006,
    O ALCKMIN FOI PARA O 2º TURNO EM 2006,
    O ALCKMIN FOI PARA O 2º TURNO EM 2006.
    O lula nunca venceu uma eleição em 1º turno.
    E se não estiver preso na próxima não vencerá nem em 1º,nem em 2º turno.
    E LEMBRE-SE "O ALCKMIN FOI PARA O 2º TURNO EM 2006"!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Helio é um excelente jornalista, bem informado, mas como todos, extremamente parcial. Seu ego talvez seja seu calcanhar de Aquiles, pois se considera o melhor repórter do planeta e as vezes pensa ser "advinhão". Baixe sua bola, você é muito bom mas não é o último biscoito do pacote.

    ResponderExcluir