Titular: Helio Fernandes Editoria: Roberto Monteiro Pinho

terça-feira, 25 de junho de 2019

O CAPITÃO CONTINUA MOVIMENTANDO
O SHOW DE BESTEIRAS

HELIO FERNANDES

O general e ex-ministro Santos Cruz, acertou em cheio. Em pleno
coração. Mas Bolsonaro insiste em exibir e verbalizar seu medíocre
tatibitate, nas redes e TVs. Deplorável. Lamentável. Insuportável.

E sem o mínimo de auto critica: "A oposição critica porque sou bom de
papo". Não para de falar, basta entrar nas redes ou ligar a televisão
lá está ele, geralmente se desmentindo. Vou selecionar as besteiras
dos últimos dias,naturalmente entre aspas.

1- "Não queria mais 4 anos de mandato. Mas se o povo quiser,
atenderei. E todos votarão em mim". Isso no auge da impopularidade.

No apogeu da incompetência. No máximo do fracasso.

2- "O Congresso quer me transformar em rainha da Inglaterra". Ora,
O Congresso é um dos Poderes, relacionamento indispensável,
Legislativo-Executivo. Ele mesmo coordenou um Pacto
Republicano, "assinaremos em 10 de junho".

Garanti, não assinariam, "é rigorosamente inconstitucional". Junho está
indo embora, não assinaram nem explicaram para a coletividade.

3- "Os partidos querem indicar ministros, isso é impossível". Logo
depois conclui, culpando a si mesmo:"A forma da escolha está errada,
vou mudar tudo". A culpa é dele mesmo, insiste nos erros e equívocos.

4- Apenas um disparate, voluntariamente praticado por ele, agora no
STF. (Outra besteiras. Sem vaga, insistiu que nomearia Moro.

Inesperadamente vai pra TV, retumba, "o STF precisa de um ministro
evangélico".

5- Ainda sem vaga, nos bastidores, trabalha um nome, sem credenciais.
O bispo (?) Malafaia.
 
O CAPITÃO CONTINUA SEU ROTEIRO DE INCOMPETÊNCIA
 
Assusta pela imprudência e pelo desconhecimento do que é prioridade
para o desenvolvimento e progresso. Anuncia: "Vamos conceder e
construir 16 mil quilômetros de rodovias". Num país que tem grãos como
poder maior na exportação, concentramos todo transporte no degradável
e ultrapassado caminhão.
 
Quando Henry Ford lançou o primeiro automóvel, em 1890, os EUA começaram
a construir ferrovias. Entraram em litígio e invadiram as poderosas
fazendas, para abrir caminho para as progressistas ferrovias. Ha 50
anos têm a maior rede ferroviária do mundo, e não desprezam ou
abandonam o setor.
 
Nós não abrimos ferrovias nem cuidamos da segurança das estradas. 
O maior índice de assaltos atinge precisamente os caminhões.
 
O "presidente" torturador, Garrastazu Medice, gastou uma fabula de
dinheiro para abrir a inacreditável Transamazônica. Que se disse na
época, "ligava o nada a coisa alguma". Hoje, totalmente abandonada.
 
PS- 16 mil quilômetros de ferrovias, seria um passo enorme 
para o progresso.
 
"DEMOCRACIA EM VERTIGEM"
 
Assisti ontem, na Netflix, esse filme da jovem Petra Costa. Excelente
do principio ao fim. Ideia, direção, roteiro, do impeachment da
presidente Dilma á prisão do ex-presidente Lula.Todos os fatos que
aconteceram desde a reeleição da Dilma. E do processo do Aécio Neves,
que não se conformou com a derrota.
 
Os fatos que nos agradaram ou revoltaram nos últimos 4 anos, são
mostrados, lembrados ou relembrados, como aconteceram e quando
aconteceram. A conspiração parlamentar coordenada e executada por Aécio
Cunha e Temer é um momento importante da traição e da Historia.
O filme é de 2018. E não será exibido nos cinemas.
 
O STF È INACREDITÁVEL, INVIÁVEL, INCOMPREENSÍVEL
 
Depois de terem marcado o julgamento de Lula para 1 de agosto,(já que
julho será totalmente do recesso, que começa depois de amanhã) ontem
terça, ás 3 da tarde decidiram, SOBERANAMENTE, julgar o HC do
ex-presidente.
 
A surpresa foi total quando se soube que Gilmar Mendes LIBEROU a
Segunda Turma para julgar imediatamente o HC. Só os 5 ministros
ficaram sabendo, os outros 6,(que completam o STF) só tomaram
conhecimento depois.
 
Essa Segunda Turma é historicamente ditatorial. Durante um longo
tempo, Gilmar, Lewandowski e Dias Toffoli, libertavam ou mantinham
presos de acordo com a VONTADE deles. Com Toffoli FEITO e não ELEITO
presidente, garantiam que a composição mudaria totalmente.
 
Toffoli foi substituído por Carmen Lucia, de formação, convicção e
votação (nos mais diversos casos inteiramente diferente de Toffoli) o
que permitiu que muitos analistas e especialistas,sentenciassem: " 3 a
2 agora, nunca mais ou não antecipado", como acontecia nos tempos de
Toffoli.
 
Foram julgados, ontem, 2 HC impetrados por Lula. O primeiro foi
recusado pelo ministro Fachin, relator da Lava-Jato. Foi coerente,
pois sempre votou contra. O que não significa que tenha sido justo.
 
Antes das 5 da tarde já havia devolvido.
 
Faltava o outro HC, esse demorado e retardado, na expressão sem
exorbitância da palavra.
 
(Às 4 da tarde, o Canal Bloomberg, dos 13 anos eleito prefeito de Nova
Iorque) informava: "por 3 votos a  2 , Lula perde o segundo HC 
e continua preso".
 
Muita confusão, falta de disposição para terminar um julgamento que
vem do ano passado. E é o próprio STF que complica tudo. Muitas vezes
fica a impressão que não querem mesmo chegar a um resultado.
 
O ministro Gilmar Mendes apresentou proposta de liberdade PROVISÓRIA
para Lula, até que o julgamento termine definitivamente. Depois de
quase 2 horas, por 3 a 2, Lula continua preso. O voto decisivo foi de
Carmen Lucia.
 
Nenhuma surpresa. Durante todo o tempo em que presidiu o STF, ela se
recusou a pautar julgamento que poderia favorecer  o ex-presidente.
 
Falta decidir a parcialidade ou imparcialidade do então juiz Sergio Moro.
 
PS- E qualquer que seja o resultado, caberá recurso para o plenário.
 
PS2- Não se sabe quando terminará. Por causa disso, a liberdade

PROVISORIA, justíssima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário